Crónicas de uma Leitora: O Amor da tua vida, de Cecelia Ahern [Opinião]

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

O Amor da tua vida, de Cecelia Ahern [Opinião]

 Para mais informações sobre O Amor da Tua Vida, de Cecelia Ahern clique aqui

Sinopse: 
Contra toda a lógica da teoria das probabilidades, Christine Rose vê-se, no curtíssimo espaço de um mês, por duas vezes diante da iminência de assistir a um suicídio. No primeiro caso, o de Simon Conway, não conseguiu impedi-lo. Mas quando, uma noite, ao atravessar a ponte de Ha´ penny, em Dublin, se depara com um homem, que ameaça atirar-se ao rio, Christine promete a si mesma que desta vez não irá falhar. Adam Basil, é este o nome do misterioso estranho, não pode morrer. Tem então uma ideia inusitada: fazer um pacto com ele. Compromete-se a, até ao dia do seu 35º aniversário, a duas semanas de distância, fazê-lo apaixonar-se de novo pela vida.



 O Amor da Tua Vida da autora irlandesa Cecelia Ahern, publicado pela Editorial Presença, é um romance contemporâneo e o primeiro livro que leio da autora. Confesso-me rendida, à história, à escrita, enfim à autora.

Não tenho por hábito ler este género literário mas Cecelia Ahern foi-me tão recomendada principalmente com o novo filme baseado no livro Para Sempre, Talvez que assim que tive oportunidade peguei-lhe, um pouco receosa mas a verdade é que o dificil foi largá-lo. Li-o em menos de 2 dias e fiquei deliciada, a autora apresenta-nos duas pessoas a atravessarem alguns problemas e a forma como os encaram, se por um lado Christine é uma optimista que usa livros de  auto-ajuda não só para si mas para conseguir lidar com os outros e ajudá-los, pelo outro lado temos Adam, um homem pessimista que já desistiu da vida e que se encontra "agarrado" a uma estranha que lhe promete fazer ver o lado bom da vida.

Cecelia Ahern mostra-nos em Christine uma mulher forte e lutadora que apesar dos obstáculos que lhe vão aparecendo continua a persistir em mostrar a alegria de viver a um homem que tenta cometer suicidio. Não posso dizer se ela é bem sucedida no propósito de salvar Adam mas parece-me que se pode tirar uma verdadeira lição de vida pois uma pessoa que atravessa um periodo tão dificil da sua vida e não deixa de ajudar outra pessoa que lhe parece necessitar de si é de louvar, afinal quantas vezes não nos embrenhamos na nossa vida e nos esquecemos de que os outros também podem estar a passar um mau bocado.

Fiquei fã e vou querer ler mais livros desta autora, a narrativa tem um desenvolvimento rápido mas consistente, a escrita é leve, simples e cuidada, tem uma história de entreajuda e bondade que nos cativa desde a primeira página, enfim os ingredientes certos para um livro espectacular que nos agarra pela força que encerra. Um livro que recomendo sem reservas.

Tenho de finalizar a parabenizar a Editorial Presença pois fiquei fascinada com a capa deste livro, está lindissima.

1 comentário:

  1. Estou super ansiosa por ler este livro e depois de ler esta opinião fiquei ainda mais! :D

    ResponderEliminar