Crónicas de uma Leitora: [Cinema- opinião] Outlander

domingo, 5 de outubro de 2014

[Cinema- opinião] Outlander


Baseada no sucesso literário da autora Diana Gabaldon, Outlander teve a estreia da primeira temporada a 9 de Agosto e já a 16 do mesmo mês a Starz confirmou a gravação da segunda temporada. Infelizmente, e com muita pena de muita gente, a primeira temporada está a ter um enorme intervalo de 6 meses, voltando em Abril com o 9 episódio.

Não querendo muito alargar a opinião do livro, até porque isto é sobre a série, no entanto eu não sou muito fã dos livros, mas fiquei completamente viciada na série.

Gostei muito da escolha de autores, tanto de Jamie, Claire e Frank. Sam Heughan é perfeito para Jamie, tem a sua boa aparência e a robustez que seria de esperar para a personagem mas não tão exagerada, principalmente em nível físico. Tal como Caitriona Balfe que achei ser uma boa escolha para interpretar e dar vida a Claire. Tobias Menzies fez um excelente trabalho a interpretar tanto Frank como em Jack Randall e ficou perfeito, acho que foi a melhor personagem que tinha em mente ao comparar com o livro. De salientar também o trabalho de Graham McTavish ao interpretar Dougal que sendo ele mesmo escocês(tal como outros, mas este principalmente) que trazem mesmo o espírito escocês á serie.

Desde o inicio que se pôde ver que os produtores não foram tímidos em incluir os aspectos mais sexuais do livro, mas não o tornaram tão "gratuito" como tinha receio, mas sim mais apaixonado e romântico que faz com que o amor e a paixão entre as ditas personagens.


Já na Escócia confesso que me senti-me um pouco aparte, tal como seria de esperar, no que toca a tradução do escocês Gaélico mas percebo tal opção de não haver nenhuma, pois se a história é contada com Claire, ela também não entendia nada a não ser algumas partes que teria ouvido na sua educação histórica.
Um excelente trabalho com a camera, as vestimentas e todo o trabalho nos cenários tal como a incorporação da musica e toda a vivência que conseguiram transmitir para o ecrã é simplesmente magnifica. 

Mais uma coisa excelente é que tem de ser mencionada e que mostra como tudo foi bem pensado é o facto de a  letra da música inicial ser uma adaptação de um poema do Robert Louis Stevenson, mudando para o feminino, com a harmonia da musica Skye Boat Song, A canção conta como Bonnie Prince Charlie, disfarçado de copeira, fugiu num pequeno barco após a derrota dos "jacobinos" em 1745 na batalha de Culloden, com a ajuda de Flora MacDonald. A música é uma expressão tradicional Jacobista e sua história também entrou na Escócia como uma lenda nacional.



Sem comentários:

Enviar um comentário