Crónicas de uma Leitora: Romance ao Anoitecer | Tessa Dare | TopSeller | Opinião

terça-feira, 14 de março de 2017

Romance ao Anoitecer | Tessa Dare | TopSeller | Opinião





Romance ao Anoitecer
Tessa Dare
Titulo Original: A Lady by Midnight
Tradução: Andreia Mendonça
Editora: TopSeller
315 páginas










Autora Vencedora do Prémio RITA para Melhor Romance Histórico

Spindle Cove é uma pacata vila onde jovens senhoras convivem
e procuram manter a sua reputação intacta.

Após anos a levar uma vida solitária, a órfã Kate Taylor encontrou acolhimento e amizade em Spindle Cove, onde dá lições de música e frequenta a classe mais privilegiada da vila. Mas Kate anseia por algo mais, por conhecer o verdadeiro amor.

Até que revelações inesperadas ameaçam mudar o destino de
uma donzela muito querida para todos.

Frio como o gelo, porém incrivelmente bonito, o cabo Thorne é o exemplo perfeito do tipo de homem que Kate deveria evitar. Mas o destino parece não concordar com ela. Entretanto, um grupo de misteriosos desconhecidos chega a Spindle Cove para revelar a Kate as suas verdadeiras origens. É então que, para surpresa geral, Thorne se apresenta como seu noivo.

A não ser que o anoitecer se encarregue
de alterar o rumo dos seus passos.

Ele afirma que nada sente, além do dever de a proteger. Mas Kate está longe de acreditar nisso? E para Thorne conseguir convencê-la terá que manter as mãos longe do seu corpo tentador e escudar o coração daquele sorriso deslumbrante. Conseguirá este guerreiro vencer a sua derradeira batalha? Ou render-se-á ao desafio de amar pela primeira vez?


Romance ao Anoitecer, é o sexto livro que leio de Tessa Dare e não há vez nenhuma que não fique rendida ao mesmo, ou porque há pontos que me irritam nas personagens (já aconteceu no terceiro livro, da trilogia anterior), ou porque dou valentes gargalhadas no decorrer do livro, ou porque as mulheres que ela escreve são guerreiras, ou como neste livro, que tem duas personagens com características tão peculiares, com estórias tão próximas e tão distantes.
A estória não foge ao normal dos livros da autora, assim como à maior parte dos romances de época. Um casal que se aproxima, se apaixona, acontece um "emaranhado de coisas" e happy end
È la vita... dos livros ou na maior parte dos livros de romance! 
Porém como referi antes, adorei as duas personagem, estas têm características que me fizeram agarrar no livro e não o "deslargar" até chegar ao fim!

Thorne é um homem teve uma infância dura, a sua vida de adulto também não foi fácil, não é o príncipe encantado, o homem culto, gentil, mete medo ao olhar, porque é enorme mas é mais que isso. 
No seu peito há um coração cheiro de lealdade, dever, respeito e no fundo muito amor, mesmo que ele não... Oh, não vou dizer! Só acrescento, olhem para ele no decorrer do livro como o lobo que pode ser "domado" ou "controlado". 
Há situações engraçadas, tenho na memória um determinado bolo, assim como a cena final quando... Ups! Não conto, não conto!
Kate, é uma mulher que nasceu numa determinada situação, é conduzida a outra, passa por outra, cresce num ambiente de um orfanato porém, nunca deixou que essas situações a transformassem numa mulher amarga, só vê o lado bom da vida, é corajosa, é lutadora e procura sempre o lado bom das pessoas. 
Há uma frase que a acompanha deste criança, que a faz seguir em frente mesmo no meio das adversidades, e da dor!

O que dizer mais, é um livro doce, é como um rebuçado, maravilhoso. 
Ah!!! Ali meio do livro, da estória, há umas personagens bem engraçadas, um determinado grupo que aparece, e que nos irá surpreender com alguma nuances não muito faladas na época! 

Resumindo, mais um livro que eu recomendo, mais um livro que me faz ficar ainda mais rendida a autora e que, a TopSeller continue a apostar na escritora por muitos e bons anos!

Boas leituras.

Sem comentários:

Enviar um comentário