Crónicas de uma Leitora: Trocada de Amanda Hocking - Opinião

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Trocada de Amanda Hocking - Opinião

Autor:Amanda Hocking
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 272
Editor: Edições Asa
Sinopse:
Aos seis anos Wendy escapa à morte quase por milagre - e quem a tenta matar é a própria mãe, acha que a filha não é sua, mas sim uma intrusa, trocada à nascença no hospital. Onze anos mais tarde, a estranha adolescente, de cabelos negros, começa a suspeitar de que a mãe, se calhar, até tinha razão. Na nova escola, mais uma entre tantas, ela sente-se posta à parte por todos. Menos por Finn Holmes, um rapaz silencioso e sombrio que se limita a olhá-la fixamente - e lhe desperta sentimentos contraditórios, um medo enorme, e uma irresistível atração. Finn é um Achador, que a procura há anos. E agora que a encontrou, quer levá-la para casa, para o reino dos Trylle, onde Wendy vai descobrir o que sempre suspeitou - ela é mesmo diferente, e tem poderes mentais muito mais poderosos do alguma vez imaginara. Primeira romance da Saga Trylle, Trocada é um fenómeno editorial sem precedentes. A autora foi rejeitada por dezenas de editores. Até que um dia decidiu publicar os seus livros sozinha, e vendê-los em sites, para pagar uma viagem a Chicago. O sucesso foi imediato, vendeu mais de dois milhões de exemplares.
Opinião:

Adorei este livro desde a primeira à última página! Uma obra completamente diferente onde encontramos trylle que na verdade é outra palavra para troll e logo à partida somos percorridos por uma onda de surpresa e ansiedade. Poderá um livro sobre trolls ser verdadeiramente bom? É claro que sim. A originalidade é palavra de ordem num mundo literário já tão povoado de outras criaturas conhecidas.

Aqui os trolls não são criaturas boazinhas e simpáticas mas também não são nenhuns monstros como têm sido retratados desde sempre. São criaturas da terra e por isso adoram andar descalços, têm cabelos e olhos de cores relacionadas com a natureza e podem ser um pouco irascíveis, mas são muito mais que isso.

Wendy é uma adolescente bastante turbulenta com vários problemas escolares que desconhece a sua verdadeira natureza até conhecer Finn, que a leva para a corte dos trylle onde fica a conhecer a sua familia, obrigações e outras revelações surpreendentes sobre a sua raça. Afinal ela foi mesmo trocada e pertence a um mundo mágico completamente surpreendente. Com relações de cortar a respiração, uma rainha autoritária e fria, membros da realeza interesseiros e verdadeiros amigos é um dos melhores livros de fantástico que já li.

Cheio de magia, amor e acção que não deixa ninguém indiferente onde a autora nos transporta de uma maneira bastante fácil a percorrer as páginas do seu livro. Na última fica uma sensação de vazio e querer mais, aguardando ansiosamente pelo próximo para o poder devorar com a mesma rapidez e intensidade. Claro que recomendo!

2 comentários:

  1. Já fiquei super curiosa por este livro, com esta tua opinião. Vai para a minha wish list, pois estou a ver.
    :-)
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Deixaste-me curiosa :)
    Mais um para a lista :)
    Obrigada pela dica!

    ResponderEliminar