Crónicas de uma Leitora: Cinema | As recordações | David Foenkinos

quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Cinema | As recordações | David Foenkinos




É já esta semana que estreia mais uma adaptação de um livro embora esta tenha passado ao lado de muita publicidade. 

”No seu lugar, eu refugiar-me-ia numa recordação.” Sim, foi isso que ele disse e, depois, acrescentou: “Iria para um lugar onde tivesse sido feliz. Na sua idade, era certamente o que eu faria.”» Quando a avó do narrador foge do lar onde se encontra a viver, este sabe que não pode ficar de braços cruzados à espera de ver as autoridades agirem. Mas que sabemos nós das recordações das outras pessoas?... David Foenkinos oferece-nos uma reflexão plena de sensibilidade sobre o tempo, a memória, a velhice, o conflito de gerações, o amor conjugal, o desejo de criar e a beleza do acaso.

Foi com este blurb que a Editorial Presença lançou em 2013 o livro "As recordações" do autor francês David Foenkinos. No dia 15 de Outubro chega a Portugal a sua adaptação - já do ano passado - mas que promete ainda assim uma boa performance nas salas de cinema portuguesas, onde o cinema francês vem tendo um reconhecimento maior. 

Roman, de 23 anos, tem toda a sua vida pela frente. Estuda enquanto trabalha à noite num hotel, ambiciona torna-se um escritor, e entretanto está à procura do amor. Tem uma relação próxima à sua avó Madeleine, que, apesar de já ter deixado para trás os seus melhores anos, continua cheia de vida. Assim, quando os seus filhos a colocam numa casa de repouso, logo após a morte do marido, Madeleine não pode deixar de se sentir deslocada. Um dia desaparece, foge. E Romain parte à procura da avó, iniciando a busca algures nas suas memórias...

Sem comentários:

Enviar um comentário