Crónicas de uma Leitora: Ligações Proibidas de Cheryl Holt [Opinião]

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Ligações Proibidas de Cheryl Holt [Opinião]

Sinopse:
Abigail Weston, uma solteirona resoluta de vinte e cinco anos, está decidida a ver a irmã mais nova casada com um homem de bem. Contudo, a sua falta de experiência com o sexo oposto impede-a de apaziguar os medos da irmã em relação à noite de núpcias - a não ser que se atreva a dar um passo arriscado de forma a aprender o que a intimidade entre um homem e uma mulher implica. No entanto, o único homem em Londres qualificado para a ensinar fá-la desejar algo que ela nunca esperou: experimentar todos os prazeres por si própria...
James Stevens - rico, imoral e tremendamente aborrecido com a sociedade londrina - acredita que nada é capaz de chocá-lo. Embora o pedido de Abigail, a explicação verbal dos prazeres da carne, seja um pouco surpreendente, o que o espanta realmente é a sua reacção poderosa em relação à inocência e beleza dela. Um romance entre ambos pode trazer grandes êxtases carnais, mas qualquer coisa mais arruinaria para sempre Abigail. Pela primeira vez na vida, James suspeita que a mera intimidade física nada é quanto comparada ao amor verdadeiro...

Opinião:
Com uma sinopse bastante interessante, Cheryl Holt, surpreendeu-me muito pela positiva. Isto porque estava a espera de algo apenas sensual (como já tinha lido outros desta colecção da Quinta Essência) mas de facto este livro tem uma história bem fixa e bem pensada.
No entanto é completamente erótico e sensual.
 
James Stevens, é um homem completamente sedutor e com a fama e também o proveito de se meter nas camas das senhoras, embora nunca dorme com elas, faz-lho apenas pelo prazer de se “aliviar”. Todas as mulheres querem que ele esteja entre as suas pernas pela simples razão de o poderem dizer que o tiveram e comentar com as amigas.
Lady Abigail Weston, é uma mulher da alta sociedade que procura um marido para a sua irmã mais nova. Com influências da sua mãe, já falecida, que diz que a esposa após o casamento tem obrigações de agradar o marido a toda a força, sendo obrigada a ser consumida sem reclamar de nada. Para esta os homens são do pior que há, aproveitadores das mulheres e que as deixam de uma forma miserável após o sexo.
Abigail não quer que nada aconteça de mal a irmã e não sabendo o que acontece as mulheres na cama, procura James para que este lhe explique tudo e mais alguma coisa sobre o assunto, pois esta pensava que tanto os homens e as mulheres eram iguais entre as pernas. A inocência e a curiosidade desta despertam em James, algo que ele nem desconhecia, começando assim uma dança de erotismo e de “amor”. Mas isso era impossível, James nunca se apaixonaria na vida, nunca.
 
Uma escrita fluída e de fácil leitura, envolvendo o leitor na dança e despertando a sua curiosidade acerca de como as coisas se irão desenvolver.
Fiquei contente por descobrir esta escritora e acho que vou pegar mal possa nos próximos.



Sem comentários:

Enviar um comentário