Crónicas de uma Leitora: Refletida de Sylvia Day [Opinião]

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Refletida de Sylvia Day [Opinião]



Sinopse:
Gideon Cross: tão bonito e perfeito por fora como atormentado e complicado por dentro. Ele enfeitiçou-me com uma paixão que me arrebatou e me despertou os prazeres mais secretos. Eu não conseguia, nem queria, ficar longe dele. Ele era o meu vício... o meu desejo... era meu.
A minha história era tão violenta como a dele, e eu estava igualmente marcada pela vida. Nunca conseguiríamos ficar juntos porque era demasiado doloroso... exceto quando era inacreditavelmente perfeito. Nesses momentos, o desejo e o amor desesperado conduziam-nos a um estado de sublime insanidade.
Gideon e eu estávamos a ultrapassar todas as fronteiras e a nossa paixão levar-nos-ia aos limites da doce e arriscada obsessão.

Opinião: 
Tal como a sinopse diz Gideon Cross é perfeito por fora e demasiado complicado por dentro. Deixando a "nossa" Eva completamente perdida por ele.
Antes de mais aconselho a quem quiser ler este livro, que leia primeiro o anterior (Rendida) pois este começa exactamente onde o outro termina e algumas coisas são necessárias para compreender o caminho que segue.
Neste livro, a história afasta-se um pouco da parte mais sexual que estava mais presente no Rendida, o que por um lado é uma boa noticia, pois neste explora mais os sentimentos, das angustias e da história em si. Eva e Gideon estão perdidos de amores, mas o mal desta vez vem do passado, de ambos. Eva, por defeito, dá tudo por tudo na sua relação, contanto os segredos e tudo o que sente sem cortar nas palavras e quando tem um problema com alguém é capaz de dizer na cara e na hora, e é isso e outras coisas que fazem dela uma mulher forte.
No entanto, dizer que ama Gideon durante o dia todo não faz com que ele diga o mesmo. "confia em mim" parece ser a frase que ele diz com maior frequência e Eva não sabe se há-de ou não confiar. A sua duvida é desfeita quando Gideon aparece demasiadas vezes a publico com a sua ex-noiva. Para as urtigas com a confiança! Eva, super forte como é, não se deixa ficar e os segredos e as mentiras começam a vir ao de cima, e esta não sabe ao certo se consegue aguentar.

Eu adoro a Eva, por muitas coisas, a sua personalidade, a sua maneira de lidar com os problemas, a sua força e determinação. E adorei ainda mais vê-la com o seu pai, até eu me senti melhor neste livro quando o pai entra em cena, achei-o muito parecido com a filha e muito importante na vida dela consequentemente importante na história. 
Gideon faz-me confusão, nunca se sabe se se pode confiar nele ou não. Mas também é o que o torna tão enigmático e atraente. 
Cary está mais presente neste livro, e ainda bem, é uma grande personagem que nunca está a mais e tem um papel super importante. pessoalmente adoro as suas piadas e maneira de pensar se bem que as vezes merecia um par de estalos.
A escrita e a história que Sylvia criou é completamente conquistadora, eu não parei até chegar ao fim do livro. E agora só penso quando é que vem o próximo para eu devorar.

Raquel

Sem comentários:

Enviar um comentário