Crónicas de uma Leitora: Dias de Sangue e Glória | Laini Taylor | Divulgação

terça-feira, 14 de abril de 2015

Dias de Sangue e Glória | Laini Taylor | Divulgação

Depois do livro A Quimera de Praga publicado no passado mês de fevereiro, a Porto Editora soma e segue estando prestes a publicar o segundo livro desta fantástica trilogia, Dias de Sangue e Glória, já no próximo dia 17 de abril. Excelentes novidades às quais podemos informar que o terceiro e último livro será lançado em junho. Uma celeridade que não estamos acostumados por terras lusas mas que deixou os fãs em êxtase.
Sinopse
Karou, antiga estudante de Arte, quimera revenante e aprendiz de ressurrecionista, tem finalmente as respostas que sempre procurou. Sabe quem é e o que é. Porém, com este conhecimento vem outra verdade que ela daria tudo para desfazer: amou o inimigo e foi traída, e um mundo inteiro sofreu por isso.
Agora, sacerdotisa de um castelo de areia numa terra de poeira e estrelas, profundamente só, Karou tenta recriar o universo do seu passado, contribuindo, com a sua dor e a sua mágoa, para a volta gloriosa das quimeras.
Porém, sem Akiva, e sem o seu sonho de amor partilhado, o caminho da esperança afigura-se impossível de trilhar.

Repleto de desgosto e beleza, segredos e escolhas impossíveis, Dias de Sangue e Glória encontra Karou e Akiva em lados opostos de uma guerra tão antiga como o tempo.

Dias de Sangue e Glória de Laini Taylor

Críticas de imprensa
«Li Dias de Sangue e Glória, de Laini Taylor, em apenas dois dias e fiquei completamente apaixonada. Obrigada pelas horas de leitura emocionante.»
Stephenie Meyer


«Não receiem, fãs de A Quimera de Praga, Dias de Sangue e Glória é igualmente bom, se não melhor.»
Amazon, Best Books of the Month


«Um prazer do outro mundo!»
The New York Times

«A escrita deslumbrante de Taylor e a sua habilidade em criar suspense são tão fortes como sempre: os amantes do género fantástico vão devorar este livro com satisfação.»
Publishers Weekly

«O segundo romance [desta trilogia] irá restaurar a sua fé no género... Um [autêntico] Romeu e Julieta num palco de fantasia.
The Guardian

Sem comentários:

Enviar um comentário