Crónicas de uma Leitora: A Prova do Ferro de Cassandra Clare e Holly Black [Opinião]

terça-feira, 11 de novembro de 2014

A Prova do Ferro de Cassandra Clare e Holly Black [Opinião]

Sinopse
Primeiro livro da saga Magisterium com 5 volumes (Estreia do filme prevista para 2015).
A maior parte dos miúdos faria qualquer coisa para passar na Prova do Ferro. Mas não Callum Hunt.
O pai ensinou-o a desconfiar da magia e explicou-lhe que o Magisterium, a escola onde os aprendizes de Magos são treinados, é uma armadilha fatal. Callum tenta fazer o seu melhor para ser o pior de todos os candidatos - mas não consegue falhar. Superada a Prova do Ferro, não lhe resta outra opção, senão entrar para o primeiro de cinco anos de aprendizagem no Magisterium.
A Prova do Ferro foi apenas o início, porque o verdadeiro teste ainda está para vir…
Posso dizer UAU? Este livro despertou em mim um turbilhão de sentimentos que são tão dificeis de explicar. Por um lado é absolutamente impossível deixarmos de fazer comparações com a saga Harry Potter, até porque existem de facto várias semelhanças e por outro é formidável embrenharmo-nos de novo neste estilo de livros dedicados a um público mais jovem mas que cativa pessoas de qualquer idade.

Não posso deixar de referir as parecenças, seria hipócrita se vos dissesse que não as encontrei já que há variadas, para começar estamos perante 3 adolescentes de 12 anos, 2 rapazes e uma rapariga. A personagem principal é Callum, um miudo que vem de uma familia monoparental (a mãe morreu devido à magia) e o pai tenta a todo o custo impedir que ele vá para a escola de magia. Call é problemático na escola, não tem amigos e está sempre em sarilhos. Consegue, sem percebermos bem como nem porquê ingressar no Magisterium onde faz amizade com os companheiros. Houve uma trégua de 12 anos com o Inimigo havendo agora alguma actividade mágica estranha e quando o dito Inimigo aparece vemos uma outra parecença que não posso referir.

Julgo porém estar correcta ao dizer que as semelhanças terminam por aqui, ou talvez eu apenas tenha parado de procurar porque me embrenhei no prazer que esta leitura me estava a proporcionar, afinal vejamos o tipo de magia praticado é completamente, aqui usam-se os elementos e um extra terra, água, fogo, ar e CAOS e este sim é um elemento raro que poucos sabem usar, apenas um Makar e só se conhece um na actualidade, o Inimigo. A forma como as autoras construiram o Magisterium é também algo a ser destacado já que somos de facto transportados para lá e conseguimos sentir a magia de que é feito.

Descrições fabulosas, personagens espectacularmente construídas, este é o género de livro que agarra o leitor tenha ele que idade for, adorei os Magos, a alimentação chega a ser hilariante porque a imaginação das autora de certeza que é ilimitada. Há tantos pormenores espectaculares de que eu prefiro não explorar para não correr o risco de fazer mais spoilers que se torna dificil falar desta obra.

Cassandra Clare e Holly Black conseguiram escrever um livro absolutamente viciante abrindo-nos as portas a uma promissora saga e que nos prende desde as primeiras páginas, há sempre alguma coisa a acontecer, algo para descobrir, personagens a explorar (e aqui somos apresentados a  personagens diferentes e fascinantes), gostaria de ter visto um pouco mais de interação com os Mestres, surpreendi-me tantas vezes e o final conseguiu deixar-me estupefacta e desejosa de mais.

Termino dizendo que este livro é absolutamente perfeito para oferecer de prenda de natal a miudos a partir dos 10 anos, tenho a certeza (a minha irmã de 14 anos que leu em 2 dias não me deixa mentir) que irão adorar, é uma viagem a um mundo literalmente mágico que fará as delicias de crianças de todas as idades.

1 comentário: