Crónicas de uma Leitora: [Opinião] Bonebreaker vol. 2 de Sara Reis

segunda-feira, 24 de março de 2014

[Opinião] Bonebreaker vol. 2 de Sara Reis

Sinopse

Após ter abdicado de tudo, incluindo o seu nome, Sara - como agora é conhecida - parece estar cada vez mais longe de voltar a encontrar o seu irmão. Ao desenvolver sentimentos por Hugo, a sua situação complicou-se. Sara não sabe se deverá continuar a usá-lo para chegar ao seu irmão, ou se deverá confessar a verdade e pedir-lhe que a ajude. Contudo, os seus pensamentos e a sua opinião podem vir a mudar ao desvendar um dos grandes segredos que Hugo sempre escondera dela. Sem perceber as dimensões dos problemas em que Hugo está metido, Sara acaba por envolver-se, e aos poucos, apercebe-se de quem ele realmente é. Para dificultar, Nuno está cada vez mais forte e não desiste enquanto não conseguir vingar-se do irmão. Com medo das consequências, Hugo tenta esconder todo o seu passado a sete chaves o que se torna numa tarefa difícil quando membros da sua família acabam por conhecer Sara. Entretanto, Sara questiona-se se Hugo será realmente de confiança devido a todo o mistério. Será que Hugo é mesmo o chefe da Bonebreaker? Ou terá sido tudo apenas uma coincidência?





Após ler o primeiro volume de Bonebreaker, era mais que lógico ler este até para concluir a história e ficar a saber mais sobre o que ficou por dizer.

Confesso que esperava algo mais dele, esperava um desenvolvimento tanto a nível de história como de escrita, mas infelizmente não foi possível.

A segunda parte vai muito ao encontro da primeira, com os mesmos erros e informações que considerei irrelevantes para a história, andando sempre a volta do mesmo assunto sem desenvolvimento.

O ponto positivo continua a ser os diálogos, sempre bem feitos e tornados credíveis. No entanto todo o resto precisa de um enorme trabalho.

Sendo este o segundo e ultimo livro, toda a trama termina com este, achando eu que deveria ter dado um tempo entre ambos, pois parece-me que foi escrito tudo de seguida, não havendo aquele salto que deveria.

Outra coisa que gostaria de ter visto e que não foi tratado é a história das raças, principalmente dos canibais que sendo a base deveria ser tratada.

Quanto ao final e sem revelando muito sobre ele, achei-o muito "cor-de-rosa" para a história em geral, mas fora isso foi um bom final.

Gostaria de ler futuramente algo mais sobre a escritora, porque ter ideias tem e parece estar tudo bem estruturado na sua cabeça, no entanto era bom que tivesse quem a ajudasse a cuidar dos textos e da organização.

Sem comentários:

Enviar um comentário