Crónicas de uma Leitora: A 5.ª Vaga, Rick Yancey [Opinião]

segunda-feira, 23 de junho de 2014

A 5.ª Vaga, Rick Yancey [Opinião]

Para mais informações sobre o livro A 5.ª Vaga, clique aqui

Sinopse:  

A 5ª Vaga, o volume que dá início à trilogia com o mesmo nome, é uma obra-prima da ficção científica moderna. É um épico extremamente original, que nos apresenta um cenário de invasão extraterrestre do planeta Terra como nunca antes foi escrito ou sequer imaginado. Nesta narrativa assombrosa, uma nave extraterrestre fixa-se na órbita da terra, à vista de todos mas sem estabelecer qualquer interação. Até que, subitamente, uma gigantesca onda eletromagnética desativa todos os sistemas da Terra, e todas as luzes, comunicações e máquinas deixam de funcionar. A esta primeira vaga seguem-se outras, num crescendo de violência que devasta grande parte da humanidade.

Será este o fim da existência humana sobre a Terra? Haverá ainda alguma salvação possível? A 5ª Vaga é um thriller de alta voltagem, com todos os ingredientes para se tornar um grande clássico da literatura fantástica universal.

Terminei esta leitura à pouco minutos e ainda me sinto completamente arrebatada pela história, nunca tinha lido nada assim. Não sou à partida fã de Ficção Científica contudo a sinopse desde livro mexeu comigo e decidi que tinha de o ler, além de não me arrepender tenho plena convicção que é um dos melhores livros que lerei este ano.

Absolutamente intenso, cheio de acção, tensão e suspense esta é a história do fim da humanidade tal como a conhecemos. A chegada de uma nave extraterrestre deixa a população mundial em alvoroço, sem saber se devem atacar ou saudar este impasse é resolvido pelos alienigenas que começam a exterminar a raça humana em 4 vagas diferentes. A primeira retira-lhes toda a tecnologia levando a aviões a cairem, electricidade esligar-se e todas as telecomunicações cessarem, a segunda são tsunamis que alagam e eliminam toda a população costeira mundial, a terceira vaga é uma peste tão mortal que a esta altura já só resta 3% da população mundial, a quarta vaga é o acordar de céculas aleanígenas adormecidas em humanos que os transforma em assassinos treinados que partem em busca de sobreviventes para exterminá-los, finalmente a 5.ª vaga... bem para saberem qual é terão de ler este espectacular livro.

A acção está extremamente bem escrita, dividida em vários capítulos e separada por partes cada uma com um título e com os narradores a alternarem o que eu não esperava de todo mas que ficou muito bem conseguido pois vemos várias partes dos acontecimentos que acabam por se interligarem.

Confesso que os sentimentos ao longo da leitura foram ambiguos principalmente quando chegou a meio e percebi o que estava realmente a acontecer, como mãe senti um misto de raiva e desespero pelo que fizeram ao pequeno Sammy.

A escrita de Rick Yancey é absolutamente fenomenal, entre a simplicidade e a complexidade explica-nos um mundo surpreendente, devastado onde a esperança começa a morrer e a confiança desapareceu. As personagens principais têm pensamentos próprios da sua idade mas as suas personalidades não são tão fáceis de entender, a sua força vem do instinto de sobrevivência mas debaixo de algumas camadas por vezes superficiais a humanidade vem sempre ao cimo. Sentimo-nos completamente arrastados para dentro da trama, somos absorvidos pela floresta, pelo complexo militar, pela camarata, pela casa, vemos as imagens desfilarem na nossa cabeça conforme vamos lendo e sentimo-nos parte daquele universo absolutamente envolvente.

É dificil arranjar vocabulário suficiente pra demonstrar o quanto este livro mexeu comigo, por vezes de forma visceral, estou completamente rendida a esta trilogia e o melhor é que irá haver um filme.

1 comentário:

  1. Olá

    Este livro é o inicio de uma trilogia, como se chamam os outros dois livros? ja sairam pelo menos?

    Cumprimentos

    ResponderEliminar