Crónicas de uma Leitora: Pequenos Vigaristas | Gillian Flynn | Opinião

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Pequenos Vigaristas | Gillian Flynn | Opinião





Pequenos Vigaristas
Gillian Flynn
Tradução: Rosa Amorim
Título Original: The Grownup
Editora: Bertrand Editora
76 páginas










Uma jovem astuta tenta sobreviver num universo marginal, mas sobretudo inofensivo. Numa manhã chuvosa de abril, está a ler auras em Palmas Espirituais quando chega Susan Burke. Excelente observadora do comportamento humano, a nossa narradora faz imediatamente o diagnóstico: uma mulher rica e infeliz, ansiosa por um pouco de drama e emoção. Mas quando vai visitar a estranha casa vitoriana onde Susan vive, e que é a causa do seu terror e angústia, percebe que talvez já não seja preciso fingir que acredita em fantasmas… Miles, o enteado de Susan, também não ajuda.Não tarda a que os três se debatam para descobrir onde reside efetivamente o mal, e se existe alguma possibilidade de fuga.


Este pequeno conto, foi a minha estreia nos livros da autora.
Croma, como era conhecida a personagem que nos relata a história, cresceu no lado marginal da sociedade e tem uma profissão peculiar.
Susan, mãe, mulher de sucesso e rica, encontra-se com problemas, sendo levada a conhecer Croma.
Miles, um jovem problemático ou uma vítima? Uma casa misteriosa e uma biblioteca cheia de livros... 
História pequena e de leitura rápida, Gillian Flynn leva-nos para o jogo psicológico, onde ficamos com duvidas de quem fala a verdade, mesmo no final, este fica em aberto a meu ver, leva o leitor ou pelo menos levou-me a mim, a ficar na duvida quanto à veracidade do que nos é contada.
Onde está a verdade? Onde está o mal? Será que há ali mesmo maldade ou só uma mente brilhante que consegue levar as personagens, para a direcção que quer?
Gostei do livrito, gostei das voltas que  autora deu mesmo sendo um conto. Uma boa estreia na autora, e depois deste "cartão de visita" vou ter que ler os outros livros da autora, já editados em Portugal.

Conclusão, recomendo este pequeno conto!

Boas Leituras...


Sem comentários:

Enviar um comentário