Crónicas de uma Leitora: Opinião Mangá | Ichigo Jikan | Kyoko Kumagai

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Opinião Mangá | Ichigo Jikan | Kyoko Kumagai

s-l1600
Ichiko está mais que pronta para a sua nova vida na escola, e até foi mais cedo para ter lugar num dormitório, visto que não tem muito dinheiro para alugar uma casa. Mas… o problema é que mesmo indo mais cedo, já não há espaço para ela, pois parte do dormitório estava em obras.
1No entanto o guarda que aparentemente teve pena dela, decidiu que poderia ajuda-la e deu-lhe a chave de um apartamento da escola que estava abandonado, e que ela poderia usar inicialmente, e que era muito próximo da escola. O que a deixa radiante, porque não terá que voltar para casa, ou alugar algum quarto para ficar.
O que não esperava mesmo era que quando lá chegasse aquilo estivesse todo cheio de lixo e muito porco, mesmo.
A verdade é que o apartamento já tem um morado, bastante porco diga-se de passagem, e não, não é um rato. É um rapaz que já lá vive.
Ran é o habitante do apartamento e para além de fazer aquela porcaria toda em casa, recusa-se a limpar. O que não seria de esperar de umsenpai, sim ele é mais velho que ela, e além disso é o filho do director da escola *ainda mais essa*.
Depois de algumas lutas de entra e sai de casa, ele lá a deixa ficar a viver com ele, mas com um requisito:
11692595_712654122174048_2837810022039653502_nO que esperavam? Para ficar a viver ali Ichiko tem que arrumar a casa, limpar e cozinhar!!
*hihi tadinha* Obviamente que ela aceita, que remédio! 1
Ran, foi até ao fim uma personagem interessante, por ser filho do director e ter também uma presença na direcção da escola, com o seu escritório e tudo. Mas também pelas suas acções a respeito de Ichiko.
Ichiko não foi assim tão interessante, é a nova aluna, super estudiosa e muito inocente e claro que não entende bem as coisas dos amor, o que lhe vale é ter amigas pervertidas *muahaha* enfim…
O mangá conta apenas com 2 volumes, vai-se lá saber porquê, por isso é tudo muito rápido, embora o romance seja gradual.
A parte que foi metida a ferros e que não percebi bem porquê que entrou, alguma coisa me escapou, foi a introdução do primeiro amor de Ichiko, aquela ligação toda embora não seja totalmente parva, só o é quando ligada ao irmão de Ran, na minha opinião era escusada.
Tal como a atracção pela parte da mãe de Ichiko pelo Ran, sério? Enfim deu a ideia errada de mãe, a meu ver, até porque disse tanta coisa sem noção parecendo que só queria que a filha ficasse com alguém de um estatuto superior, perguntando tantas vezes se Ran ia assumir as suas ditas responsabilidades, quando ele não tinha feito nada que levasse a esse ponto.
Mas a história para além de ser todo o romance de ambas as personagens, conta também um certo jogo que é feito com eles para que Ran seja demitido do seu posto por razões óbvias. Claro que osenpai não se pode meter com uma aluna e muito menos viver com ela o que cria umas certas confusões que tem de ser explicadas tanto a escola, ao pai, e até mesmo a eles mesmos. Mas em geral é fofinho e eu gostei dele, também mais pela arte em si.
O que gostei no estilo de Kumagai, para além do desenho foram todos os padrões que usa, tanto em fundos como em roupa das personagens, a trabalheira que é e que consegue tão bem, é lindo, lindo. É preciso ver tudo para ver o quanto tem de pormenores, sombras e espaços.
O ponto final é que me pergunto porque raio só tem 2 volumes e que raio de fim é aquele? Porque eu queria mais, queria saber mais sobre eles, e sobre o futuro de ambos, mas pronto fiquemos assim T^T
Um post original:

Sem comentários:

Enviar um comentário