Crónicas de uma Leitora: Confesso | Colleen Hoover | Opinião

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Confesso | Colleen Hoover | Opinião

Jovens apaixonados com demasiadas verdades escondidas.

Há segredos que não devem ser revelados. 

Auburn Reed tem toda a sua vida planeada. Não há espaço para erros ou imprevistos. Até que, um dia, entra num estúdio de arte e conhece Owen Gentry, o enigmático artista dono do estúdio. Auburn sente, de súbito, que algo muda dentro dela e decide deixar-se levar pelo coração.

Owen, contudo, guarda segredos que não quer ver revelados. As escolhas do seu passado não parecem permitir-lhe um futuro livre, e Auburn tem demasiado a perder se decidir lutar por ele. A única forma de não pôr em risco tudo o que é importante para si é deixar Owen. Confessar é tudo o que ele tem de fazer para salvar a relação de ambos. Mas, neste caso, a confissão pode ser muito mais destrutiva do que o próprio pecado.

Será o amor capaz de sobreviver à verdade?

Confesso é uma história de imenso amor e coragem, que nos faz acreditar em segundas oportunidades.

Inclui 8 páginas a cores com as ilustrações dos quadros de Owen.

Confesso que Colleen Hoover é uma das minhas autoras de eleição. A forma como constrói as suas histórias e as personagens são tão cativantes que é impossível não sentirmos empatia. O facto de também dar-nos a narrativa com dois pontos de vista é uma mais valia, mostrando-nos o universo tanto de Auburn como de Owen conseguimos compreender os seus segredos, medos e expectativas dando a cada um uma voz única na acção.

Confesso que achei que alguns acontecimentos foram demasiado rápidos, principalmente na interação do casal já que o relacionamento deles escalou muito depressa e esperava um pouco mais de comedimento. Porém, adorei os dois e acho que a autora mais uma vez conseguiu dar-lhes personalidades muito próprias, muito interessantes e extremamente viciantes.

Confesso que cheguei a um ponto que já nem leio as sinopses dos livros da autora, para mim se é Colleen é bom e não me tenho enganado, a escrita da autora tem uma qualidade inquestionável além de nos fazer vibrar com os acontecimentos que se vão desenrolando com uma cadência natural.


Confesso que achei que o segredo de Auburn era bastante óbvio e por isso compreensível e o de Owen deixou-me apreensiva até perceber a verdade. Mais uma vez vemos a mestria da autora a tecer um enredo que mesmo não sendo complexo é forte e coerente. Porém esperava um final não tão aberto, se não houver uma continuação vou ficar um pouco aborrecida pois parece-me que tanto Auburn como Owen mereciam mais. Porém aquele último capítulo foi absolutamente arrebatador e também por isso acho que merecemos mais qualquer coisa nem que seja uma novella.

Confesso que mais uma vez me vi rendida ao estilo da autora, à sua escrita simples, cativante e emocionante, a personagens apaixonantes e a uma história que só poderia ter o cunho de Colleen Hoover. Mais do que recomendado às românticas incuráveis.




Este exemplar foi gentilmente cedido pela Topseller em troca de uma opinião honesta

Sem comentários:

Enviar um comentário