Crónicas de uma Leitora: Beleza | MAKE UP FOREVER VS KIKO | Primer verde

sexta-feira, 13 de maio de 2016

Beleza | MAKE UP FOREVER VS KIKO | Primer verde

Embora o título possa parecer estranho er não… não quero virar nenhum ogre (há fantasias piores, Shrek is love, Shrek is life!) mas para quem sabe o corrector verde pode cancelar certos aspectos vermelhos na cara e isso é bom para quem sofre de rosácea ou então gosta do tinto a mais (um copo por dia minha gente! Um copo por dia!)


Já tinha comprado o primer da KIKO numa compra de: olha que giro deixa experimentar, mas sinceramente nunca lhe achei tanta piada assim, parecia muito líquido e não cancelava nada. Sexta passada decidimos ir até ao Norteshopping e fui comprar o meu Urban Decay all nighter e ao passar pela fila para pagar vi este primer. Já tinham dito que este primer na versão branca era muito bom por isso quis experimentar ver como é que estes dois se aguentavam. Se o da KIKO fosse igual ou muito parecido seria um dupe excelente para poupar uns trocos.

A 1º experiência


Como os primers como correctores são para cancelar alguma cor que a base mais fraca não consegue decidi experimentar com um bbcream. Aí vi que a cobertura estava demasiado fraca e decidi usar 2 bbcreams (sou uma tola): o da L’oreal e o da Essence. Coloquei o pó e o Urban Decay all nighter. Dos dois lados não notei diferença nenhuma. Ambos aguentaram o mesmo tempo sem diferenças nenhuma na forma como a pele ficava passado 6h.

Fiquei desiludida. O primer da MuFe é caríssimo e estava a perform exactamente como o da KIKO.



A 2º experiência


Ontem recebi a minha base da Revlon, a colorstay. Decidi logo testar mas como não sabia que cobertura ia ter decidi colocar o primer da MuFe. Coloquei às 15.40-15.40 e meti spray fixador na mesma. À 1 da manhã a minha maquilhagem continuava perfeita! Dayum gurl acho que nunca na vida tive um dia de maquilhagem tão perfeito. A base continuava com boa cobertura sem qualquer problema, o corretor no sítio. Tudo bonito. Apliquei o primer com um pincel (que isto de meter com as mãos só piora o vermelho) depois de hidratar a pele e a base com a beauty blender. Fiquei a pensar: well podes ser boa mas se amanhã a da KIKO for igual levas uma tareia.


A 3º experiência


Hoje tive de ir ver umas cenas à quinta para o casamento. Coloquei o creme hidratante e depois o primer da KIKO. Sendo o primer da KIKO menos espesso demorou mais tempo a apegar à pele. Coloquei na mesma a base com a beauty blender, pó e fixador sem problema. Acabei a maquilhagem às 10.35 e às 13h tive de a tirar. Estava com péssimo aspecto, a minha pele parecia que não tinha base nenhuma e ainda por cima estava com imenso glitter na zona das olheiras algo que não sei como aconteceu: não usei nada com glitter hoje na pálpebra. Vai para a gaveta de mistérios do universo. Eu como detesto quando o glitter vai para a zona das olheiras tirei logo tudo! Yuck!


Veredicto final:


- Ainda vou usa o primer da MuFe amanhã que vamos estar muitas horas fora de casa por isso quero ver se sorte de principiante ou se aguenta mesmo bem durante o dia todo.
- O primer da Kiko funciona melhor com bbcreams.
- A consistência dos dois são muito diferentes, sendo o da KIKO tipo base líquida e a da MuFe tipo creme.
- A diferença de preços é algo a ter em conta, o primer da Kiko custa 9.90€ por 1 oz enquanto o da Make up forever custa 36€ pela mesma quantia. O meu tem 0.5 oz e custou 17€.
- O da KIKO usa-se mais produto por ser mais líquido e não tão potente ao passo que o da MuFe um bocadinho dá para a cara toda.

Sem comentários:

Enviar um comentário