Crónicas de uma Leitora: Apenas um guia intensivo de maquilhagem para alguns iniciantes | Parte I | Pós

terça-feira, 3 de maio de 2016

Apenas um guia intensivo de maquilhagem para alguns iniciantes | Parte I | Pós


Pó compacto ou pó solto?


Não sei onde vi, mas no outro dia li um artigo de alguém num jornal online português a dizer que era mentira que o pó servia para a base durar mais tempo, apenas para matificar a pele. Não sei quem foi o tótó que escreveu isso, mas digo-vos já aqui e agora que isso é mentira. 

Nenhum maquilhador alguma vez vos irá dizer que pó serve para matificar. Aliás o pó pode ser usado em peles normais ou secas e é esse mesmo o propósito dele. Tentem usar só base e depois colocar o pó só onde ficam oleosas e depois tentem colocar o blush e vão ver que na parte sem pó, a superfície vai estar menos boa para o pó do blush assentar. 

Existem, no entanto, vários tipos de pó:
- Compacto
- Solto
- HD (aquelas fotos de celebridades que parece que têm droga na cara é devido a este pó, a menos que vão estar à frente de uma câmara de tv não é aconselhável)
- Setting (este pó sim é para nos vermos livres de toda a oleosidade) 
- Finishing (ser usado depois do setting para esbater linhas mais marcadas)

Por norma, os maquilhadores profissionais indicam o pó compacto para peles mais jovens e o pó solto para peles mais maduras. A diferença sendo que o pó solto é mais fino e não fica tão preso nas linhas do rosto. Em peles mais maduras é importante usar o pó solto com uma beauty blender ou um pincel de forma muito cuidadosa. Ao passo que em peles jovens como existem menos linhas de expressão e um setting spray tira o aspecto do pó, em peles mais maduras é especialmente importante termos atenção a isto.

Há bastante técnicas para aplicar pó, indo da mais básica que é matificar a pele ou para a técnica de baking. Este técnica consiste na aplicação de pó solto nos vários sítios do nosso rosto que queremos iluminar. A palavra baking surge do facto de parecer que temos farinha na cara. Por norma é colocado na parte das olheiras/bochechas e debaixo da linha do contorno para enfatizá-lo. Passados uns 3-5 minutos pegamos num pincel limpo e tiramos o pó e nota-se que o nosso rosto fica mais iluminado e formado. Não é uma técnica obrigatória mas para quem quer algo mais marcado no rosto é fácil de fazer.

Existe ainda o pó translucido e pó com cor. Ultimamente esta escolha é mesmo uma preferência por parte da pessoa. Os pós com cores podem dar uma cobertura extra à pele ao passo que um translucido é bom para pessoas com peles claras ou até para fazer o baking, devido a ser muito claro.

Para pó não tenho grandes recomendações por usar apenas dois e serem os únicos que preciso: Essence all about matt e o Catrice stay matte waterproof. Se quiserem algo mais caro a MAC tem o Studio fix, o Fit me da Maybelline ou o Healthy Balance da Bourjois. 
Pessoalmente o da Essence é uma cópia do pó compacto da Make up forever e apesar de muitos Youtubers utilizarem o da Laura Mercier ou o Airspun são marcas que não se encontram em Portugal a menos que encomendem de fora. Por isso podem sempre apostar no da Essence que é um favorito dos Youtubers ou o Fit me da Maybelline.

Devo utilizar então o pó para matificar a pele sem usar base? Sim! Como em tudo, a maquilhagem é uma questão de gosto. Se ficarem com a pele muito oleosa e quiserem apenas dar um aspecto menos oleoso, usem apenas o pó.

Sem comentários:

Enviar um comentário