Crónicas de uma Leitora: A Loucura de Lorde Ian Mackenzie | Opinião | Topseller

terça-feira, 22 de março de 2016

A Loucura de Lorde Ian Mackenzie | Opinião | Topseller


A maioria das mulheres prestaria atenção aos avisos. Beth decidiu ignorá-los...
Por toda a sociedade londrina correm rumores de que Lorde Ian Mackenzie é louco, que terá passado a sua juventude num asilo, e que não é de confiança, especialmente com senhoras.
Beth é uma jovem viúva, herdeira de uma fortuna, que está outra vez noiva e que deseja voltar a ser tão feliz quanto foi com o primeiro marido. Quando é apresentada a Lorde Ian Mackenzie, este apaixona-se imediatamente e não tem dúvidas de que a quer para si. Procura, então, convencê-la a deixar o noivo e a casar-se consigo. 
Beth acaba por se deixar seduzir e decide fazer tudo para ajudar Lorde Ian a superar o sofrimento que carrega, devido a um passado tormentoso.
A partir de então, só uma coisa faz sentido na vida de Beth... a loucura de Lorde Ian Mackenzie.


Arrebatada! A sério é a palavra. Se este é o início da série só posso ficar ansiosamente à espera da continuação. Há muito tempo que um livro de época não me surpreendia tanto pela positiva e não é só a escrita da autora que me fez adorar mas os 1001 detalhes que fazem com que seja tão diferente dos restantes, excepto claro no final feliz.

Em primeiro lugar e rodeando um pouco o que dá maior destaque ao livro, falemos da personagem feminina Beth. Estamos perante uma mulher que sofreu na infância, conseguiu um casamento que a tirou de um futuro incerto e negro e depois da viuvez foi dama de companhia de uma senhora que a tornou sua herdeira. Isto fez de Beth uma mulher rica mas não sem saber dar o valor ao dinheiro. É uma mulher forte, de princípios vincados e com um claro sentido de justiça. Enfim uma personagem feminina daquelas que adoramos ler. 

Depois a família Mackenzie, adorei-os a todos. Que há para não gostar num bando de highlanders rudes mas protectores? Todos à sua maneira têm algo que adoramos e que queremos ver explorado nos próximos livros. E claro que teremos de falar mais especificamente de Lorde Ian. Que personagem!Já li vários livros com personagens masculinos difíceis, ou com deficiências ou deformações causadas por duelos ou guerras, atmbém é comum personagens de temperamento difícil mas nunca tinha lido sobre um personagem assim. Conseguimos adorar Ian e sentir até vontade de o proteger de tudo o que lhe fez e ainda faz mal mas ele intriga-nos ao longo de toda a leitura. Claro que nos dias de hoje saberíamos que a loucura dele não é mais que um problema psicológico associado à sua inteligência extrema e à memória eidética e ainda à sua dificuldade em entender sentimentos.

A autora, que tem uma escrita muito envolvente e simples, foi excepcional na forma como criou esta história e os problemas que neles são descritos, e adorei perceber que existe pesquisar em relação à "loucura" de Ian. Também gostei imenso da construção das personagens e do envolvimento de todos nos acontecimentos levando a que seja um livro muito mais familiar que outros que se focam principalmente no casal protagonista. 

Esta foi mais uma leitura compulsiva que recomendo a todas as fãs do género. Ninguém fica indiferente à loucura de Lorde Ian Mackenzie.



Este exemplar foi gentilmente cedido pela Topseller em troca de uma opinião honesta

Sem comentários:

Enviar um comentário