Crónicas de uma Leitora: Trono de Vidro | Sarah J. Maas | Opinião

quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

Trono de Vidro | Sarah J. Maas | Opinião


Depois de cumprir um ano de trabalhos forçados nas minas de sal de Endovier, a contas com os seus crimes, a assassina Celaena Sardothien é levada até à presença do prícipe herdeiro. Ele oferece-lhe a possibilidade de conquistar a sua liberdade, com uma condição: Celaena tem de aceitar representá-lo, como seu campeão, numa competição cujo vencedor terá o estatuto de novo assassino da Coroa.
Os oponentes que terá de defrontar são ladrões, assassinos e guerreiros vindos de todos os cantos do império. Cada um deles é patrocinado por um membro do Conselho do Rei. Celaena exulta com os desafios e com as sessões de treino ao lado do capitão da Guarda, Chaol Westfall. No entanto, a vida da Corte não a poderia entediar mais. Mas tudo fica mais interesante e ganha nova emoção quando o príncipe começa a demonstrar um inesperado interesse por ela... mas é o austero capitão Westfall quem melhor a consegue compreender.
Durante a competição, um dos concorrentes é encontrado morto... e logo outros se lhe seguem. Ao embrenhar-se numa investigação solitária, Celaena alcança descobertas surpreendentes. Conseguirá ela descobrir quem é o assassino antes de se tornar na próxima vítima?
Em O Trono de Vidro, a luta de Celaena pela liberdade torna-se numa luta pela sobrevivência e numa jornada inesperada para expor um mal antes de que este destrua o seu mundo.

Para mais informações consulte o site da Marcador AQUI

Terminei este livro há poucos dias e ainda estou maravilhada, cada vez me convenço mais que deveria de apostar neste género de high fantasy porque até agora todos os livros que me tenho proposto têm sido excelentes apostas. As expectativas para Trono de Vidro eram altíssimas e Sarah J. Maas estava na lista de autora a ler o mais brevemente possível. As expectativas não saíram goradas, adorei cada página, cada detalhe e assim se foram 400 páginas de um dia para o outro.

Além de um enredo bem construído, com uma história muito interessante e viciante a autora conseguiu dar-nos personagens tão ricas com personalidades complexas que é difícil não sentirmos uma ligação com elas. Calaena deve ser uma das melhores protagonistas que já li, aos 18 anos é a maior assassina da sua época, condenada pelos seus crimes cumpre pena em Endovier, nas minas de sal e a quem lhe é dada a oportunidade de sair de lá. Apesar de tentar sempre pensar com clareza sem se deixar envolver pelo meio que a rodeia (depois de deixar as minas), tem uma mente muito racional e estratega acaba por muitas vezes se deixar cegar pelo ódio e pela injustiça. No meio de tudo isto ainda podemos ver um sentido de humor muito próprio que retira um pouco do dramatismo de algumas cenas.

Julgo que havia apenas duas previsibilidades, o triângulo amoroso e o vencedor da competição. A quem já leu o livro peço que não me julguem muito mas não gostei assim tanto do príncipe Dorian, não me interpretem mal, eu gosto da personagem, do que representa, da forma como se impõe e tenta estender limites, apenas o interesse amoroso por Calaena não me "caiu bem" mas adoraria vê-lo com a princesa Nehemia. Os dois fariam um par espectacular, quem leu pense bem o que seriam capazes de conseguir juntos num mundo onde reina o pavor por um rei cruel e sem escrúpulos, quem não leu fique com esta ideia em mente, não sei o rumo da história mas os príncipes juntos seria espectacular. Assim como também acho que a personalidade de Calaena se completa com a personalidade de Chaol, os dois juntos são igualmente capazes de grandes feitos e para mim são o casal que faz mais sentido. Mas claro que tudo isto são considerações pessoais.

O livro é fantástico, a história viciante e só me resta esperar que a Marcador continue a apostar nesta série, quanto a mim, acho que até sair o segundo terei de me contentar em ler o ebook em inglês The Assassin's Blade que conta um pouco da história de Calaena antes do primeiro livro. Aos amantes do género recomendo esta leitura e a quem quer experimentar este é o livro perfeito.




Este exemplar foi gentilmente cedido pela Marcador em troca de uma opinião honesta.

Sem comentários:

Enviar um comentário