Crónicas de uma Leitora: A Prometida do Capitão | Tessa Dare | Opinião

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

A Prometida do Capitão | Tessa Dare | Opinião

Maddie é bonita e talentosa, pelo que todos esperam que ela se case em breve. Mas Maddie é muito tímida em relação aos homens, além de ter um medo terrível de espaços públicos e multidões.Para se livrar de ter de ir a festas e ser cortejada, ela inventa um noivo imaginário: um capitão escocês de nome MacKenzie, muito apaixonado e dedicado, a quem escreve cartas onde revela os seus mais íntimos desejos e anseios. Aproveitando as prolongadas ausências do capitão, que vive convenientemente longe por causa da guerra, Maddie vai conseguindo escapar à pressão de se apresentar à sociedade.Anos depois, porém, o inimaginável acontece: o capitão, produto da sua imaginação, aparece-lhe em carne e osso. Este capitão Logan MacKenzie é um soldado atraente, mas rude e selvagem. E o pior de tudo é que tem na sua posse as cartas de Maddie, aquelas que ela escreveu ao seu noivo fictício, e que contêm segredos inconfessáveis. Agora, o capitão pretende fazê-la cumprir todas as promessas que ela lhe fez e que nunca esperou ter de concretizar…


Quando penso que em breve me cansarei de livros de época, que não aguentarei muito mais tempo a ler este género sem me fartar, que é impossível continuar a insistir num género sem enjoar vem um livro que me diz "cala-te e lê". Li o primeiro livro da autora e o primeiro pensamento foi "fiquei fã", o segundo não me cativou da mesma maneira mas gostei imenso e a autora ficou logo no top de preferidas no género mas este livro foi o melhor de todos, absolutamente tudo o que lhe queiram chamar de bom. Imaginem toda uma lista de sinónimos de fabuloso porque este livro merece todos eles e ainda mais alguns.

Deixem-me tentar explicar sem fazer spoilers, Maddie é extravagante, interessante e peculiar adorei cada detalhe desta mulher a começar pelas cartas que escreveu ao seu pseudo-noivo que inventou num momento de pânico quando tinha apenas 16 anos. Já Logan é o típico personagem masculino feito para nos apaixonarmos, partiu-me o coração. Conseguiu mostrar que tinha os valores de um verdadeiro Highlander, leal, destemido e corajoso com um coração maior do que julga.

Há também um conjunto de personagens secundárias interessantes que nos cativam ao longo da história e que a tornam ainda mais impressionante. Desde a tia de Maddie até aos homens de Logan todos são de uma importância crucial para a história o que a torna mais leve porque muitas vezes a acção foca-se tanto no casal protagonista que vemos pouco de outras personagens mas aqui conseguimos ter um vislumbre de várias personagens.

Este livro é absolutamente delicioso. Divertido na maior parte dos acontecimentos mas com um pequeno toque de drama à mistura a autora soube mais uma vez agarrar o leitor. A escrita de Tessa Dare é tudo aquilo que já sabemos e neste livro e ainda mais, absolutamente fenomenal. Talvez seja por eu adorar highlanders, talvez seja porque a autora é fantástica no que faz ou talvez seja uma mistura de ambos este foi um dos melhores livros do género que li nos últimos meses (e li bons livros neste género). Tessa Dare é uma autora a seguir.

Como nota final tenho a dizer que este livro tem o mais engraçado e extravagante animal de estimação da história da literatura. Absolutamente hilariante.





Este exemplar foi gentilmente cedido pela Topseller em troca de uma opinião honesta

Sem comentários:

Enviar um comentário