Crónicas de uma Leitora: Segredos de uma Condessa Respeitável | Lecia Cornwall | Opinião

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Segredos de uma Condessa Respeitável | Lecia Cornwall | Opinião

Lady Isobel Maitland não se pode dar ao luxo de ser apanhada fazendo qualquer coisa, mesmo remotamente, escandalosa, ou corre o risco de perder tudo o que tem de mais querido. Mas uma noite, num jardim escuro num baile de máscaras, Isobel cede à tentação e permite que um namorisco inocente com o marquês de Blackwood se transforme em paixão.

Para o marquês o jogo da sedução e intriga não lhe é estranho, e esta reputação serve para encobrir uma missão mortal.

Quando a mulher-mistério foge antes que lhe diga o nome, ele sabe que tem de a encontrar.

Mas todas as pistas o conduzem para a afectada e deselegante Isobel Maitland. Parece que a senhora tem segredos muito próprios, segredos que Blackwood adorava desvendar.
Tenho este livro na estante há vários meses e sentia-o muitas vezes a puxar-me mas por alguma razão que não sei explicar andei a adiar esta leitura, talvez por julgá-lo bastante erótico e andar um pouco mais desligada do género. Nem sei onde estava com a cabeça mas a verdade é que depois de começar a leitura dei por mim com vontade de dar com ela nas paredes por ter esperado tanto tempo a pegar nele.

Um romance de época fabulosamente escrito que me levou poucas horas a ler, comecei domingo à noite julgando que em menos de uma hora estaria k.o. e pronta para receber o senhor João Pestana de braços abertos. Mentira! Passava da 01h30 quando me obriguei a pousá-lo para ir dormir porque não conseguia parar de ler. E doeu! Na manhã seguinte terminei-o de um fôlego e oh que fôlego. Adorei! Já disse que adorei? Sim é isso.

Comecemos pelo enredo que além de escrito de forma inteligente que cativa o leitor desde a primeira página consegue dar-nos tantas nuances que não conseguimos ficar indiferentes. Temos, claro o romance, a atitude das personagens deu-me por vezes vontade de rir, principalmente pelo facto de apenas um saber realmente com quem estava a lidar. Temos também muita acção, espionagem, personagens maravilhosamente descritas.

Isobel pode parecer uma mulher fraca mas que mulher colocando-se no seu lugar tomaria outra atitude? Mostrou-se capaz de suportar grandes imposições e privações em nome de um bem maior e isso fá-la merecer todas as estrelas que lhe sejam possíveis atribuir.

Phineas, ah Phineas! Que surpresa. Um homem com tantas facetas e qual delas melhor que a outra. Consegui compreender a sua posição até ao fim e também eu me apaixonei um pouco por ele.

Dois protagonistas geniais, que me proporcionaram momentos de grande divertimento. Mas não são só Isobel e Phineas que me cativaram, Lecia Cornwall foi brilhante na construção da história, vemos a odiosa família de Isobel que só de lembrar dá vontade de os matar a todos mentalmente (incluindo Jane) assim como a peculiar família de Phineas. Só com este leque de personagens bem construídos é que conseguimos um pilar eficaz para um livro espectacular.

Fiquei completamente rendida ao estilo da autora que se mostrou bastante interessante e não consegui dar menos de 5 gloriosas estrelas. Quero mais!




Este exemplar foi gentilmente cedido pela Planeta em troca de uma opinião honesta.

Sem comentários:

Enviar um comentário