Crónicas de uma Leitora: FSOG | Diário de uma Leitura Indesejada #4

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

FSOG | Diário de uma Leitura Indesejada #4

Bem antes de continuar quero dizer que isto não são artigos de opinião, é um diário de leitura que vai reflectindo os meus pensamentos e sentimentos ao longo da mesma, servem apenas para descontrair e divertir e não deve de modo nenhum ser levados a sério.

Então Miss Choninhas lá acorda na maravilhosa cama de hotel onde o Cinzentinho está hospedado, bla bla bla, ele decide levá-la a casa dele, bla bla bla, entram no elevador e BAM! (gif grande pra verem bem) sim meus senhores e minhas senhoras é sexy! yupiiiii!!!! Sexy is good!
E ele convida-a para a casa dele onde lhe falará mais de si e onde ela poderá ou não assinar uns papeis...
Como é obvio ela não faz a mais pálida ideia do que ele está a falar... se eu conhecesse um gajo que quisesse que eu assinasse uns papeis julgaria ser um contrato de trabalho já que por acaso estou desempregada, ia lá imaginar ser outro tipo de contrato! oh sorte, ele não se explica e só "compilica"
Vão de helicóptero, no helicóptero dele e ela extasiada, claro, eu não iria que tenho pavor de alturas e um heli é demasiado para os meus neurónios mas ela vai entre o excitada e o amedrontada (sim sim é o teu estado natural já sei não te preocupes, que chata)
Lá chegados ele oferece-lhe uma bebida (ya meu! ela apanhou uma piela de caixão à cova na véspera o que ela precisa é mesmo de vinho) e lá se lembra dos papeis... e vai na maior com uns papeis para ela assinar. Aparvalhada ela quer saber do que se trata ao que ele lhe responde “It means you cannot disclose anything about us.  Anything, to anyone.” e ela assina...
E mais senhoras e senhores, meninas e meninos ela assina SEM LER e quando ele lhe diz que ela deveria ler tudo antes de assinar a bocó diz “Christian,  what  you  fail  to  understand  is  that  I  wouldn’t  talk  about  us  to  anyone, anyway.  (a sério? isto não é nada estranho, ter um gajo novo e sexy e tal e não comentar com ninguem) Even Kate.  So it’s immaterial whether I sign an agreement or not.  If it means so much to you, or your lawyer… whom  you obviously talk to, then fine.  I’ll sign.”



 A sério, o que raio passa na cabeça desta gente que acha este tipo de comportamento de ambas a partes normal?????? E ele decide ir mostrar-lhe o quarto
"Come, I want to show you my playroom."
My mouth drops open.  Fuck hard!   Holy shit, that sounds so… hot.  But why are we looking at a playroom?  I am mystified.
“You want to play on your Xbox?” I ask.  He laughs, loudly.
“No, Anastasia, no Xbox, no Playstation. Come.” 


Claro estúpida ele faz-te assinar um papel pra ninguém saber que tem uma x-box alguém me dê um AMÉN! Alguém me dê um ALELUIA!!! E ele deveria ter fugido a sete pés pra não ser acusado de pedofilia porque não é possível tanta infantilidade numa mulher de 21 anos... E acabei a leitura com esta cena!
E o pensamento dela é "And it feels like I’ve time-traveled back to the sixteenth century and the Spanish Inquisition" Como é que ela não saiu dali a correr feita louca como se não houvesse amanhã é que eu não sei. Neste momento eu senti uma urgência em fechar tudo e deitar no escuro envolta nos meus próprios pensamentos, pensar no significado da vida...

2 comentários:

  1. É tão mau, tão mau, a todos os níveis... chega a ser doloroso..
    O melhor é mesmo rir... para não chorar :p

    ResponderEliminar
  2. Ahahaha, adorei, é mesmo hilariante.
    Eu não li os livros e não pretendo mas já ouvi falar dele e tenho uma colega que ficou obsecada pela série e uma outra influenciada por essa e elas diziam "ai que história de amor tão linda" e eu na altura nem tinha bem noção de que era o livro mas sabia que tinha partes eróticas, mas depois de ler opiniões fiquei mesmo do tipo "a sério? mas que história de amor qual que?" enfim.. estou curiosa para ver os outros diários e rir mais um bocadinho :D

    CriArte a Ler

    ResponderEliminar