Crónicas de uma Leitora: "Se Eu Ficar" de Gayle Forman [Opinião - Livro e Filme]

sábado, 27 de dezembro de 2014

"Se Eu Ficar" de Gayle Forman [Opinião - Livro e Filme]


Para mais informações clique aqui

Sinopse:
Naquela manhã de fevereiro, quando Mia, uma jovem de 17 anos, acorda, as suas preocupações giram à volta de decisões normais para uma rapariga da sua idade: permanecer junto da família, do namorado e dos amigos ou deixar tudo e ir para Nova Iorque para se dedicar à sua verdadeira paixão, a música. É então que ela e a família resolvem ir dar um passeio de carro e, numa questão de segundos, um grave acidente rouba-lhe todas as escolhas. Nas 24 horas que se seguem e que talvez sejam as suas últimas, Mia relembra a sua vida, pesa o que é verdadeiramente importante e, confrontada com o que faz com que valha mesmo a pena viver, tem de tomar a decisão mais difícil de todas.


O Livro:
Este livro surgiu de forma inesperada nas minhas leituras. Estava a passar por uma fase de ressaca literária, nada do que lia me despertava interesse e ia saltando de livro em livro sem sucesso. Como para a maior parte de nós, não conseguir ler é um drama, começo a ter suores frios, a ver a nossa vida a andar para trás e sentir que o fim do mundo está próximo (pronto ok, não é assim tão exagerado, mas é grave e preocupa-me). E como tinha que arranjar uma solução para problema resolvi ir a livraria. Algum livro tinha que chamar por mim e tirar-me desta angústia, e foi este, "Se Eu Ficar". Depois de semanas sem conseguir ler, este foi devorado, chorado e adorado.

A história de Mia, infelizmente, é familiar a muitos de nós. Todos temos alguém conhecido que esteve mal ou que acabou até por falecer num acidente de viação, e quando se passa na adolescência como no caso da Mia, é sentir que ainda havia tanto para viver e que se ficou a meio do caminho.

A história é contada pela "fantasma" de Mia, a sua alma que se elevou do seu corpo durante o coma e que tem de tomar a difícil decisão de partir junto com a sua família ou ficar e seguir a sua vida sem eles. Pelo meio dos desenvolvimentos do estado clínico de Mia vamos recebendo informações da sua vida e dos seus relacionamentos através das suas memórias, memórias essas que são importantes para a sua tomada de decisão mas também para toda a história do livro em si pois é através das memórias de Mia que vamos conhecendo os restantes personagens do livro, entre eles o namorado.

Este é um livro classificado como YA (Young Adult) mas aconselho-o também a todos os adultos e seniores, porque é um livro lindo, com uma leitura bastante envolvente e rápida.


O Filme:
Além do livro, esta obra conta já também com uma adaptação ao cinema. Confesso que geralmente tenho sempre algum receio de ver as adaptações porque sinto que falta sempre qualquer coisa que para mim foi importante no livro, ou porque certas partes da história foram alteradas (lembro-me do caso do The Hunger Games - filme 1, em que esperava uma cornucópia dourada e era toda ela preta, e por acaso isso até interferia com a história mas pronto, avancemos...). Neste caso do "Se Eu Ficar" digo-vos que o filme, para mim, superou o livro. Pela primeira vez vi uma adaptação que me convenceu e que consegui ver sem estar a pensar "no livro não era assim", porque as partes importantes da história estão lá TODAS. E apesar de já conhecer o final, deliciei-me com cada minuto do filme e desejei descobrir o final como se estivesse a ter contacto com a história de Mia pela primeira vez. E claro, chorei ainda mais do que com o livro...

Tanto o livro como o filme proporcionaram-me bons momentos, fizeram-me recordar como a linha que divide o estarmos cá do já não estarmos é tão ténue e frágil. São livros e filmes assim que são importantes para os nossos jovens, que muitas vezes não dão valor às coisas certas da vida. Para mim, 5* para o livro e para o filme, fiquei deliciada. :D

5 comentários:

  1. Sem dúvida um dos melhores livros que já li na vida. São poucos que me causam tanta agitação e emoções desta maneira...
    O pior é que depois de o ler fiquei com uma "ressaca" desgraçada por umas três semanas, não conseguia pegar em nenhum livro que me prendesse e sofri muito com isso, mas volta e meia acontece, e por ter lido este livro valeu a pena. Muitas vezes acontece-me entrar neste "limbo" sem motivo nenhum...

    Boa opinião ;)

    ResponderEliminar
  2. Olá Cláudia
    Gostei muito da tua opinião sobre o livro e sobre o filme abris-te-me o apetite para ambos, recebi este livro e o que se segue a ele, pois caso não saibas tem continuação, este Natal e ainda não tive tempo para os ler...mas está para breve. O livro que se segue ao Se eu ficar é Espera por Mim e já li opiniões deliciosas sobre ele, pensei que gostarias de saber.
    Relativamente a esses momentos de preguiça literária como eu costumo chamar não valorizes e aproveita para ver uns bons filmes.
    Beijocas Cláudia e continuação de umas boas festas e tudo de bom para ti e para os teus...com muitos livrinhos à mistura e leituras também;)

    ResponderEliminar
  3. Ja vi muitas opiniões sobre o livro e o filme. Acho que em muitos casos os livros são muito melhores que os filmes. Queria muito ler este. Acho mesmo que vou gostar. Mas ainda não chegou o dia. Quanto ao filme não sei, talvez depois de ver como me dei com o livro =) ***

    ResponderEliminar
  4. Olá :)

    Concordo com tudo o que disseste :). Acabei de ler a continuação "Espera por mim" a semana passada, espero que também gostes!

    Beijinhos,
    Rosana
    http://bloguinhasparadise.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  5. Antes de mais um bom ano 2015 recheado de boas leituras para todas e muito obrigada pelos vossos comentários.

    Leitora por acaso também recebi o Espera por Mim numa troca de Natal, fiquei tão deliciada com o Se Eu Ficar que a minha madrinha da troca me enviou o 2º para poder continuar a leitura.

    E posso já dizer-vos que o Espera por Mim vai ser o meu primeiro livro de 2015 :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar