Crónicas de uma Leitora: Um Caso Perdido - Hopeless, de Colleen Hoover [Opinião]

sábado, 6 de setembro de 2014

Um Caso Perdido - Hopeless, de Colleen Hoover [Opinião]


 Sinopse:
Preferia saber a verdade, ainda que isso fizesse de si um caso perdido, ou continuar a viver uma mentira?
Quando Sky conhece Dean Holder no liceu, um rapaz com uma reputação tão duvidosa quanto a dela, sente-se aterrorizada, mas também cativada. Há algo naquela figura que lhe traz memórias do seu passado mais profundo e perturbador. Um passado que ela tentou por tudo enterrar dentro da sua mente.
Ainda que Sky esteja determinada a afastar-se de Holder, a perseguição cerrada que ele lhe dedica, bem como o seu sorriso enigmático, fazem-na baixar as defesas, e a intensidade da relação entre os dois cresce a cada dia. Mas o misterioso Holder também guarda os seus segredos, e, quando os revela a Sky, ela vê-se confrontada com uma verdade tão terrível que pode mudá-la para sempre. Será Sky quem ela pensa que é? E será que os dois conseguirão sarar as suas feridas emocionais e encontrar um modo de viver e amar sem limites?
Um Caso Perdido (Hopeless) é um romance intenso que o irá comover e arrebatar, ao mesmo tempo que o fará recordar o seu primeiro amor.




Eu sou uma "chorona literária" assumida, já me esforcei muito para não chorar, tento-me lembrar constantemente que é "só" um livro e que não deveria deixar-me afectar tanto pela história mas é impossível, há autores que nos transportam para a narrativa de uma forma que somos sugados por emoções avassaladoras que nos consomem fazendo viver cada capitulo, cada frase, cada palavra escrita. Penso que sou um caso pedido.

Um caso perdido de Colleen Hoover é um romance contemporâneo inserido na categoria de New Adult, publicado pela TopSeller. A protagonista Sky é uma jovem de 17 anos com graves problemas emocionais, não se conseguindo relacionar romanticamente. Adoptada aos 5 anos depois da morte da mãe biológica por acidente é amada e protegida em excesso não lhe sendo permitido o acesso a qualquer tipo de tecnologias nem à escola pública tendo sido a sua educação escolar feita em casa. Quando tem autorização para frequentar o ensino público descobre um novo mundo, não só a vida no liceu é mais dificil do que o imaginado como conhece um rapaz de temperamento difícil com explosões de humor que a confundem mas que a fazem finalmente perceber o que são certas emoções como a atração e o desejo.

Narrado na primeira pessoa, temos acesso directo a todas as informações ao mesmo tempo de Sky sendo-nos transmitido os seus sentimentos, as suas dúvidas e angustias, fazendo com ela uma viagem de regresso a um passado tão negro que foi completamente encerrado no seu cérebro, porém os acontecimentos mais recentes vão fazê-la reviver momentos de puro terror e agonia.

A autora faz-nos percorrer um caminho tenebroso, mostrando-nos uma realidade (ou várias realidades) que tentamos muitas vezes esconder mas que vemos quase diariamente na televisão. Apesar de no inicio a narrativa ser lenta e nos fazer pensar porque é que não acontece mais nada de interessante além de contar a vida de uma adolescente, depressa nos apercebemos que precisávamos daquela introdução para os acontecimentos que se sucedem depois, todas as informações são cruciais e quando achamos que descobrimos algo chocante logo depois descobrimos que há algo pior. Colleen Hoover guia-nos maravilhosamente até um climax literário que nos faz chorar, vibrar, sorrir. Fiquei de coração despedaçado por várias personagens, tendo sido assaltada por raiva, desespero, nojo, uma ânsia crua na tentativa de perceber como se sobrevive a estas tragédias.

No meio de tudo isto, Holder é o centro de equilibrio de Sky, é perfeito em toda a sua imperfeição, doce, apaixonado, forte, um porto de abrigo que será fundamental para a história sem nunca esquecer o seu drama pessoal que nunca o quebra ou enfraquece. O significado de HOPELESS é absolutamente maravilhoso e de cortar o coração.

Um livro perfeito que agora, horas depois de o ter terminado, deixou o desejo de pegar nele para o reler, para perceber como não vi algumas coisas tão obvias, ainda sinto vontade de chorar porque a autora sabe agarrar-nos desde a primeira página e retratou horrores da nossa sociedade muitas vezes encobertos tanto pelas vitimas como pelas pessoas que as rodeiam.

A nível literário julgo que talvez só os thrillers/policiais me choquem tanto ou mais que estes livros, estou absoluta e irrevogavelmente rendida e só posso dizer que quero mais! Leitura mais do que recomendada.

3 comentários:

  1. Depois de ler o que escreveste... quero sem dúvida comprar! :) deste uma ideia muito boa do que podemos encontrar nessas páginas.. e apesar de não ser uma "chorona", estou a precisar de um destes livros :)
    like :)

    ResponderEliminar
  2. Eu queria tanto saber a tua opinião e aqui está, tal e qual o que eu pensei que irias achar *.*
    Tenho a mesma opinião que tu e sem dúvida é para reler :D
    Eu tb chorei horrores xD

    beijinhos,
    Daniela

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Mary :) é sem dúvida um livro forte e emotivo.

    Daniela é um espectaculo mesmo só posso dizer que "QUERO MAIS" (livros da autora)

    beijinhos meninas :)

    ResponderEliminar