Crónicas de uma Leitora: "A noiva Assassina" de James Patterson e Howard Roughan [Opinião]

quinta-feira, 12 de junho de 2014

"A noiva Assassina" de James Patterson e Howard Roughan [Opinião]





Para mais informações clique aqui

Sinopse:

James Patterson é um dos grandes mestres da arte do thriller, e as suas obras tornam-se, invariavelmente, estrondosos bestsellers internacionais. Neste seu romance, somos invadidos por uma espécie de fascínio negro e sedutor que emana da protagonista, Nora Sinclair, uma autêntica femme fatale ao estilo dos anos 40, que deixa atrás de si um rasto sinistro de homens mortos em circunstâncias misteriosas. E quando John O’Hara, agente do FBI, se vê envolvido na investigação do caso, rapidamente cede ao magnetismo da sua beleza sensual e mortífera. Obcecado, rendido, deixa-se apanhar nas malhas daquela Viúva Negra insaciável, e acaba por desvendar toda a verdade… da pior maneira possível! A Noiva Assassina foi distinguido com o International Thriller of the Year 2005 pelo grupo Bertelsmann. 



Adoro James Patterson e até á data nenhum livro me tinha desiludido.. mas esta história desiludiu-me um pouco, achei um pouco previsível e o desfecho  totalmente inadequado

A capa é muito bonita e atrativa, e o título apelativo, a sinopse extremamente atraente para os amantes dos policiais, e a métrica a que Jams Patterson nos habituou é por si só meio caminho para devorar os seus livros.

Mas na minha opinião a sinopse é demasiado reveladora face á própria história, a perseguição da “noiva” é muito explorada mas o historial das personagens poderia ter sido mais trabalhado.
 Até ao final fiquei na esperança de uma reviravolta de compreender melhor as personagens e de algo mais complexo.

É me difícil fazer uma opinião mais aprofundada uma vez que pouco há a acrescentar á sinopse e ao que referi sucintamente, peço que quem tenha uma opinião diferente partilhe comigo, mas confesso que estou um pouco desapontada..
.

Sem comentários:

Enviar um comentário