Crónicas de uma Leitora: "Sequestro de Alto Risco" de James Patterson e Michael Ledwidge [Opinião]

terça-feira, 6 de maio de 2014

"Sequestro de Alto Risco" de James Patterson e Michael Ledwidge [Opinião]


Para mais informações clique aqui

Sinopse:
Este é o primeiro livro de uma série apresentando Mike Bennett, detective veterano da polícia de Nova Iorque. Enquanto Maeve, a mulher que ama, enfrenta a fase terminal de uma doença numa cama de hospital, Bennett tem de zelar pelos seus dez filhos. Como se isso não bastasse, Bennett é chamado a enfrentar o maior desafio da sua carreira. Após a morte súbita da mulher de um anterior presidente dos Estados Unidos, as exéquias da Primeira Dama transformam-se num pesadelo quando um grupo de homens ocupam a catedral, fazendo reféns uma centena de figuras altamente mediáticas. Agora, sob o olhar de uma nação inteira. 


Adorei este livro,  Michael Bennett e a sua familia vão ficar comigo por muito tempo. Confesso que a capa do livro não faz juz á qualidade da história, poderia ter sido muito melhor concebia e mais atrativa.

Este livro mantém a métrica de capitulos curtos que James Patterson já nos habituou, e o narrador altera entre Michael Bennett o detetive de homicdios que altera entre a sua vida familiar e o seu tabalho, e "O Implacável", o organizador e mentor do sequestro.

Este livro deixou-me presa até ao fim, se por um lado o historial da família Bennett nos faz querer ser melhores e desejar um final impossivelmente feliz, o sequestro de grandes caras públicas e o pedido de intervenção a Bennett faz-nos envovler numa investigação que parece não ser possível de ultrapassar.

Preparem-se para entregar o coração a Maeve Bennett e á sua familia e apaixonarem-se pela sua história de amor e simultâneamente serem detectives e quererem sucesso no rapto de algumas das celebridades mais aclamadas no momento. O final surpreendeu-me, aconselho a todos os amantes de thriller e policiais, bem como aos amantes de romances.

Sem comentários:

Enviar um comentário