Crónicas de uma Leitora: "NYPD Red - Á Margem da Lei " de James Patterson e Marshall Karp

quarta-feira, 14 de maio de 2014

"NYPD Red - Á Margem da Lei " de James Patterson e Marshall Karp



Para mais informações clique aqui


Sinopse:

Existem 35 mil polícias em Nova Iorque. Apenas 75 pertencem à NYPD Red, a unidade especial que protege os mais ricos e poderosos. A NYPD Red enfrenta agora o seu inimigo mais perigoso de sempre.
Há um serial killer à solta em Nova Iorque, perseguindo e assassinando criminosos que conseguiram escapar à Justiça. À medida que o número de vítimas deste justiceiro por conta própria aumenta, cada vez mais nova-iorquinos o apoiam.
O detetive Zach Jordan e a sua parceira Kylie MacDonald são destacados para o caso quando mais uma pessoa, uma mulher ligada à campanha eleitoral de um dos candidatos à Câmara de Nova Iorque, é assassinada. Zach e Kylie têm de descobrir quais são as verdadeiras motivações deste assassino, uma vez que por detrás deste último crime se escondem segredos da ordem da vida pública e privada.
No entanto, Kylie tem agido de forma estranha, e Zach teme que o que quer que se esteja a passar com a sua parceira possa pôr em risco o maior caso das suas carreiras. 
Segundo volume da série bestseller NYPD Red.




Um assassino que também é um justiceiro. Até agora as suas "vítimas" eram meros marginais da sociedade que "mereceram" morrer, pelo que os cidadãos cada vez mais o apoiam, até que a morta é uma assessora da campanha da principal candidata á Câmara e principal oponente do actual presidente, irmã de um famoso jornalista e filha de um milionário e é aqui que é chamada a NYPD  Red. As eleições são dentro de uma semana e é o prazo que o Presidente da Câmara dá á equipa de detetives Zach Jordan e  Kylie MacDonald para solucionarem a situação.

A par da história principal, na métrica habitual de capítulos curtos e subdivisões da história a que os autores já nos habituaram, ficamos a conhecer um pouco da história do assassino Hazmat os seus motivos, bem como a vida pessoal e afetiva das personagens principais.

As personagens principais, já conhecidas do 1º volume da saga, estão bem construídas e mais completas neste livro, ficamos a conhecer melhor o historial de ambos, bem como dos seus parceiros amorosos reforçando a capacidade e personalidade dos mesmos. O assassino Hazmat, os seus motivos e os seus feitos também não nos deixam indiferentes, tratando-se de uma figura complexa e bem motivada.

A sua leitura é aprazível e verdadeiramente viciante, pelo que recomendo a sua leitura o quanto antes.

1 comentário: