Crónicas de uma Leitora: "Hotelle - Quarto 2" de Emma Mars (Opinião)

sexta-feira, 23 de maio de 2014

"Hotelle - Quarto 2" de Emma Mars (Opinião)

Sinopse
Um ano depois de Elle ter abandonado a vida de acompanhante de luxo e ter feito a sua escolha, o corpo e o coração apontam numa única e inevitável direcção: Louis, o irmão do seu ex-noivo David e o único homem que conseguiu ser seu mestre, na vida e na cama. Nas hábeis mãos de Louis, Elle aprendeu a ouvir o seu próprio desejo e, acima de tudo, descobriu que não pode lutar contra a paixão que os une. Ao fim de alguns meses como amantes clandestinos no Hotel dos Encantos, Elle sente-se finalmente pronta para dar o próximo passo e pede a Louis que case com ela. Louis contesta que Elle ainda não está pronta e que a sua “formação” deverá continuar. Quando Louis começa a agir de forma estranha, Elle percebe que os demónios do passado estão de volta. Decide finalmente assumir o comando do seu próprio destino para descobrir o que esconde realmente Louis e qual é a misteriosa ligação entre Louis e o irmão David, que não desistiu da vingança contra os dois amantes. No meio de tudo isto, qual será o papel de Aurore, a mulher que se assemelha tanto a si? E conseguirá Elle levar Louis a fazer o que realmente quer?Uma história de amor ardente e irresistível, plena de erotismo, mistério, segredos e mentiras.


Com uma carga erótica grande, este segundo volume, não deixa, no entanto também de nos trazer mistério e intriga, o que, pessoalmente, me agradou imenso.

Um ano depois de Elle desistir do seu casamento com David, e se ter entregue aos caprichos do irmão Louis, vamos encontra-los, ainda no Quarto 1, do Hotel dos Encantos.
A mudança para o "Hotel da Menina Mars", residência futura do casal, está para breve. Mas será esta mudança que ira também plantar, em Elle, a semente da desconfiança, quando descobre que na cave da sua nova residência existe um equipamento de vigilância com camaras. Mas é quando ela está a tratar dos papéis do casamento com o notário, que surge o primeiro sinal de alarme. Tendo o notário ainda o contrato anulado do casamento com David, e ao passa-lo em revista, verifica que o ano de nascimento está errado. Pelos papeis, Louis e David só têm 7 meses de diferença. Será erro humano ou isto trás algo obscuro escondido? Confrontando os dois irmãos, ambos lhe negam a diferença de idades.
Quando Louis é preso, aquando da inauguração da sua galeria de arte, Elle parte numa viagem ao passado em busca da verdade sobre David, Louis e Aurore que a continua a perseguir.
O que Elle vai descobrindo aos poucos, vai deixa-la completamente perdida, pois uma pequeno mentira irá formar, em breve uma teia enorme.
Mais uma vez a autora me conseguiu cativar desde o primeiro momento. Se bem que a história central, neste segundo livro se foque mais na pesquisa de Elle, tem no entanto também uma forte componente erótica, tal como no primeiro livro.
O fim do livro, mesmo com uma conclusão, deixa-nos com água na boca para o próximo volume, e para saber qual o fecho das episódios que foram deixados em aberto neste.

Sem comentários:

Enviar um comentário