Crónicas de uma Leitora: "Inverno de Sombras" de Liliana Lavado [Opinião]

quarta-feira, 30 de abril de 2014

"Inverno de Sombras" de Liliana Lavado [Opinião]


Para mais informações clique aqui


Sinopse

Em 1833, em Lisboa, cinco monges reúnem-se para decidir o destino a dar a uma caixa secreta e à sua chave. Muitos anos depois, uma família ainda as guarda, escondidas do mundo através das gerações. Mas há alguém que entende que é a chegada a hora desse poder lhe pertencer e está decidido a encontra-las e a fazê-las mudar de mãos.

Os protagonistas desta história são seres mágicos, feiticeiros poderosos sedentos de sangue. Entre guerras e lutas, nasce uma história de amor inesquecível. Difícil será distinguir quem são os bons e os maus nesta trama.
Numa autêntica caça ao tesouro, as peças vão-se movendo como um jogo de xadrez, com momentos em que o tempo pára e é preciso suster a respiração.




  


Maravilhoso, irresistível, envolvente...

Liliana Lavado aumentou a fasquia para os novos autores portugueses com esta obra, um romance fantástico, bem-humorado, com surpresas e reviravoltas até ao final que nos deixam viciados na leitura.

A nível gráfico, adorei a capa do livro, além de bonita e tentadora, reflete parte da história como um complemento á sinopse. Não se assustem, como eu, com o número de páginas (590) porque ao longo da narrativa as surpresas e reviravoltas sucedem-se, mal dando pela sua passagem.

A leitura decorre sobretudo nos nossos dias, mas com algumas "viagens" ao passado de forma a "experienciarmos" acontecimentos importantes que ajudam a definir e justificar algumas atitudes e  história das personagens. A localização principal  é maioritariamente em Lisboa e a secundária em Paris. A familiaridade da autora com estes locais permitiu-me passear pela Lapa ou pela Rua Augusta, inclusive imaginando-me nas compras do Natal, ou a passear por recantos de Paris, estando em casa confortavelmente no meu sofá. 

A escritora presenteou-nos com uma leitura clara, com muitos diálogos, personagens complexas e uma história maravilhosa.  Foi um prazer a sua leitura e depois de tantas reviravoltas, o final deixa-nos um vazio, uma sensação de querer mais, a vontade de conhecer ainda mais o futuro daquelas personagens que se tornaram familiares e queridas. Uma das melhores leituras que fiz este ano, a melhor de Abril sem sombra de dúvida. É um livro recomendável a quem gosta de ler e ao género fantástico. 




1 comentário:

  1. Obrigada pela critica maravilhosa!!!!
    Fico muito contente que tenhas gostado :D ...a sequela está a caminho ;)

    ResponderEliminar