Crónicas de uma Leitora: "O Inimigo Secreto" de Agatha Christie (Opinião)

domingo, 27 de outubro de 2013

"O Inimigo Secreto" de Agatha Christie (Opinião)




Para mais informações clique aqui

Sinopse

Tommy e Tuppence encontram-se por acaso numa rua de Londres. Tommy é discreto, Tuppence é exuberante. Juntos, formam o par perfeito para combater o crime. Pelo menos, é o que pensam quando se unem numa parceria a que chamam "Jovens Aventureiros Lda". Eles dizem-se "dispostos a tudo" mas quando os seus sonhos de aventura se realizam com muita rapidez e ainda mais perigo, serão obrigados a questionar os seus próprios limites... e não só.   O inimigo secreto (The secret adversary) foi originalmente publicado em 1922 na Grã-Bretanha, tendo sido editado no mesmo ano nos Estados Unidos. Foi adaptado para televisão em 1928 (a primeira adaptação de um romance da autora) e em 1983.



Agatha Christie será sempre a rainha dos policiais com um mérito inegável.

Adoro Agatha Christie, na minha juventude li todas as obras dela publicadas em português, por uma outra editora, e mesmo, 15 anos depois ao reler esta bela obra pela mão da ASA, voltei a ser seduzida e envolvida pela escrita. Devo salientar que a ASA fez um excelente trabalho de capa, que nos leva a viajar no tempo.

Tuppence é uma jovem exuberante e  rebelde para a época e nem o facto de ser filha de um arcebispo a faz ser mais prudente. Irreverente para a idade, sonha com a  sua independência longe da familia.
Tommy é um ex-miliatr, calmo e ponderado, que tem em Tuppence uma amiga.
Quando se reencontram no após-guerra (1ª guerra mundial), quase falidos, decidem reunir recursos para ganhar dinheiro (e emprego) e fundam a "Jovens Aventureiros Lda", nessa colaboração vão dar por si envolvidos numa perigosa teia de crime, onde a própria vida é ameaçada. Conseguirão fazer frente á ameaça que pode levar Inglaterra a uma nova  guerra?
 
Não esperem um policial com DNA e provas forenses, afinal de contas a rainha do crime escreveu as suas obras no inicio do século XX,  mas um policial inspirador que nos prende desde a 1ª página, e nos deixa na dúvida até ao seu desfecho. Uma leitura simples, clara e envolvente que nos faz "torcer" pelos protogonistas desde logo e com um desfecho surpreendente.  Recomendo a todos os leitores!!!



Sem comentários:

Enviar um comentário