Crónicas de uma Leitora: Iluminada de P.C. Cast [Opinião]

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Iluminada de P.C. Cast [Opinião]

 
Sinopse:

Cansada de encontros com egocêntricos, a designer de interiores Pamela Gray está quase a desistir dos homens. Quer ser tratada como uma deusa - preferencialmente por um deus. Quando exprime o seu desejo, invoca inconscientemente a deusa Ártemis, que possui alguns truques na sua manga celestial... Os gémeos Ártemis e Apolo foram enviados para o Reino de Las Vegas para testar as suas habilidades. A sua primeira missão é realizar o desejo de Pamela. Então Ártemis faz do irmão o voluntário. Afinal, quem seria melhor do que o lindo Deus da Luz para levar amor àquela mulher solitária? Deveria ser uma experiência, mas na Cidade do Pecado, onde a vida é um risco, tanto o deus como a mortal estão prestes a apostar um valor alto no jogo do amor. 
 

Opinião por Vera Carregueira:

Devo confessar que comecei a ler a saga da Casa da Noite de P.C. Cast e da sua filha Kristin Cast e não consegui passar dos primeiros livros, não me cativaram de todo e achava a escrita infantil e despropositada apesar de achar que tinha bastante potencial. Por esse motivo não me tinha ainda despertado qualquer interesse em ler sequer as sinopses dos livros anteriores desta saga, até porque as capas não me pareciam muito atrativas. Contudo quando vi esta capa num tom de vermelho vibrante com uma mulher sensual pensei que estaria na altura de ler a sinopse e foi aí que pensei para comigo que só poderia estar a dormir por não ter percebido ainda que o tema desta saga é algo que me apaixona - Mitologia Grega. A partir daí a urgência em lê-lo cresceu e esqueci todos os preconceitos que tinha acerca da autora passando este livro à frente de todos os outros. Não me arrependi e neste momento só penso em adquirir os restantes livros da série.

Iluminada é o 3.º volume da saga "Chamamento da Deusa" e confesso que senti a falta pelo menos do livro anterior pois várias vezes vemos a referência a Hades e a Lina, protagonistas de Desejada, ainda assim não foi motivo para quebrar a leitura ou torná-la menos compreensível.

Adorei os protagonistas, Pamela é uma mulher marcada por um casamento e divórcio difíceis, o ex-marido é um homem controlador e obsessivo que a levou a fechar-se para o amor, porém numa viagem de trabalho a Las Vegas conhece Febo com quem inicia um tórrido romance. As agruras que fazem Pamela fechar-se é o que a fazem uma mulher forte e determinada, além de que é uma verdadeira profissional e é muito interessante toda a maneira como o trabalho dela como decoradora de interiores é uma parte fundamental da sua vida. Febo é na verdade Apolo deus da Luz que se encontra de visita à cidade do pecado com a sua irmã gémea Ártemis e que deseja experimentar o verdadeiro amor como o senhor do Mundo Subterrâneo. As personagens secundárias têm um papel bastante relevante para a acção Ártemis e Eddie, ela tão altiva e arrogante como uma deusa deverá ser e ele um verdadeiro devoto sem saber na verdade quem tem diante de si são sem dúvida imprescindíveis para o desenrolar da ação.O vilão da história, Baco deus da Vinha e do Vinho é uma personagens mesquinha e frívola sem qualquer consideração pelos seus irmãos desejando apenas vingança.

Acontecem bastantes peripécias a este casal testando sempre os limites do amor que sentem um pelo outro conseguindo levá-los sempre à aceitação mútua até à provação final que quase destrói todas as esperanças não fosse a confiança cega de Apolo em almas gémeas e amor eterno.

Tem uma boa construção das personagens principais bem como das secundárias, o enredo está bem elaborado e apenas o final não foi o que esperava, na verdade até foi chocante mas gostei da ideia que a autora passou do reconhecimento das almas gémeas. A escrita da autora é bastante fácil e envolvente, mais madura e com cenas picantes mas sem linguagem indecorosa, deixa-nos a vontade de conhecer os restantes livros. Fiquei apaixonada por esta série e faço questão de acompanhá-la.

Sem comentários:

Enviar um comentário