Crónicas de uma Leitora: Viver depois de ti, Jojo Moyes - Novidade Porto Editora

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Viver depois de ti, Jojo Moyes - Novidade Porto Editora

Depois de Silver bay – A baía do desejo, Um violino na noite, Retrato de família e A última carta de amor, a Porto Editora publica, a 20 de maio, o mais recente romance de Jojo Moyes, Viver depois de ti.

E este não é apenas mais um romance de uma autora de sucesso. Viver depois de ti tem merecido os melhores elogios. Na recensão feita pelo prestigiado The New York Times pode ler-se: «quando terminei a leitura deste romance, quis voltar a lê-lo».

Jojo Moyes é uma ex-jornalista, que trabalhou no The Independent, até se ter tornado escritora a tempo inteiro. Foi jornalista especializada na área da cultura e correspondente em Hong Kong. Publicou, até hoje, onze romances.

SINOPSE
Lou Clark sabe muitas coisas. Sabe quantos passos deve dar entre a paragem do autocarro e a sua casa. Sabe que trabalha na casa de chá The Buttered Bun e sabe que não está apaixonada pelo namorado, Patrick. O que ela não sabe é que vai perder o emprego e que todas as suas certezas vão ser postas em causa.

Will Traynor sabe que o acidente de motociclo lhe tirou o desejo de viver. Sabe que agora tudo lhe parece triste e inútil e sabe como pôr fim a este sofrimento. O que não sabe é que Lou vai irromper na sua vida com toda a energia e vontade de viver. E nenhum deles sabe que as suas vidas vão mudar para sempre.

Em Viver depois de ti, Jojo Moyes aborda um tema difícil e controverso com sensibilidade e realismo, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências.

A AUTORA
Jojo Moyes nasceu em 1969 e cresceu em Londres. Estudou Jornalismo e foi correspondente do jornal The Independent até 2002, quando publicou o seu primeiro romance, Retrato de Família, e resolveu dedicar-se à escrita a tempo inteiro. Foi uma das poucas autoras a ganhar por duas vezes o prémio Romantic Novel of the Year, primeiro com Foreign Fruit (2003) e com A Última Carta de Amor (2010).


IMPRENSA
Jojo Moyes oferece-nos um livro majestoso com um conjunto de personagens carismáticas, credíveis e profundamente envolventes. Lou e Will ficarão com os leitores durante muito tempo.
The Independent on Sunday

O romance de Jojo Moyes provoca-nos lágrimas redentoras, lágrimas que são tudo menos gratuitas. Em algumas situações são mesmo necessárias.
The New York Times

Uma história de amor poderosa. Um enredo narrado com mestria e percorrido por personagens atraentes e afáveis. Uma extraordinária leitura.
Daily Mail

Sem comentários:

Enviar um comentário