Crónicas de uma Leitora: O Circo dos Sonhos, de Erin Morgenstern [Opinião]

sábado, 4 de maio de 2013

O Circo dos Sonhos, de Erin Morgenstern [Opinião]


Sinopse: 
Um misterioso circo itinerante chega sem aviso e sem ser precedido por anúncios ou publicidade. Um dia, simplesmente aparece. No interior das tendas de lona às listas pretas e brancas vive-se uma experiência absolutamente única e avassaladora. Chama-se Le Cirque des Rêves (O Circo dos Sonhos) e só está aberto à noite.
Mas nos bastidores vive-se uma competição feroz - um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, que foram treinados desde crianças exclusivamente para este fim pelos seus caprichosos mestres. Sem o saberem, este é um jogo onde apenas um pode sobreviver, e o circo não é mais do que o palco de uma incrível batalha de imaginação e determinação. Apesar de tudo, e sem o conseguirem evitar, Celia e Marco mergulham de cabeça no amor - um amor profundo e mágico que faz as luzes tremerem e a divisão aquecer sempre que se aproximam um do outro.
Amor verdadeiro ou não, o jogo tem de continuar e o destino de todos os envolvidos, desde os extraordinários artistas do circo até aos seus mentores, está em causa, assente num equilíbrio tão instável quanto o dos corajosos acrobatas lá no alto.

Escrito numa prosa rica e sedutora, este romance arrebatador é uma dádiva para os sentidos e para o coração. O Circo dos Sonhos é uma obra fascinante que fará com que o mundo real pareça mágico, e o mundo mágico, real. 

Opinião por Elizabete Cruz: 
Antes de mais, neste livro tenho mesmo de falar sobre o aspecto estético do mesmo. Para além de uma capa extremamente bonita, adorei todos os pormenores que estão dentro do livro, seja na paginação como na divisão de capítulos. Foi algo que definitivamente não foi deixado de lado, tendo em conta a história.
Eu devo dizer que nunca li nenhum livro como este. E isto nem é um comentário negativo ou positivo, é apenas uma afirmação: eu nunca li um livro como este! Disseram-me, antes de pegar nele, que este era um livro onde a beleza era o ponto central, e eu acabei por concluir isso mesmo.O livro é sobretudo constituído por descrições, ponto fulcral para mostrar tudo o que se passa no circo e fazendo-me imaginar como seria visitar aquele lugar. Aliás, a autora foi esperta o suficiente de, em várias situações, descrever o cenário como se fosse visto pelo leitor, o que criou uma maior intimidade com a história. E acreditem que me senti estranha por realmente apreciar todas aquelas descrições, porque é o género de coisa que eu não gosto nada, mas eu consegui sentir aquela magia do circo (logo eu, que nunca fui a um). Infelizmente, ao fim de tantas vezes, acabei por me cansar um pouco das descrições.
As personagens são extremamente interessantes, conseguindo fazer coisas impressionantes e com objectivos originais. O amor entre as personagens principais foge completamente àquilo que eu esperava, sendo um daqueles amores quase mágicos (a condizer com o livro), em que as duas pessoas pouco tempo passam juntas. Apesar do destino que lhes parecia estar guardado, achei que a autora conseguiu resolver muito bem a situação. Para além de Célia e de Marco, adorei conhecer os gémeos Murray, outras duas personagens super interessantes e com futuro promissor.
No entanto, apesar de todas as personagens, a personagem central do livro foi mesmo o circo. Tudo se passou à volta dele, desde o seu nascimento até à sua sobrevivência. Essa repetição de tema, apesar de ter a sua parte de beleza, acabou por cansar um pouco. Outro ponto menos favorável foi o facto de eu não prestar atenção ao desenvolvimento cronológico, pelo que me perdia constantemente. Àparte isso, foi uma leitura muito diferente, e foi um livro que de certa forma marcou as minhas leituras deste ano.

2 comentários:

  1. É desta! Vou trazê-lo para casa na feira do livro. Com tanta opinião boa quem resiste?

    ResponderEliminar
  2. Elizabete nunca foste a um circo????? Por favor tens mesmo de ir um dia, mas um dos bons, género Chen ou Cardinalli com trapezistasssss. Adorava.

    ResponderEliminar