Crónicas de uma Leitora: O Vizinho, de Lisa Gardner [Opinião]

terça-feira, 23 de abril de 2013

O Vizinho, de Lisa Gardner [Opinião]


Sinopse

De uma mestra do suspense chega-nos esta história de arrepiar, que explora os perigos que estão sempre à espreita, bem mais perto do que imagina. Pois até numa família perfeita, nunca sabemos o que se passa dentro um lar, quando as portas se fecham...

Eis o que aconteceu...

Era um caso que iria sem dúvida gerar um frenesim mediático - uma jovem mãe, loura e bonita, desaparece sem deixar rasto da sua casa no sul de Boston, deixando para trás a sua filha de quatro anos como única testemunha, e um marido tão atraente quanto reservado como principal suspeito.

Nas últimas seis horas...

Mas a partir do momento em que o Sargento-Detective D. D. Warren chega ao pequeno chalé dos Jones, ela tem a sensação de que algo está errado com a imagem de aparentemente normalidade que o casal tanto se esforçou para manter. À primeira vista, Jason e Sandra Jones eram como qualquer outro casal trabalhador e com urna filha de quatro anos para criar. Mas abaixo da superfície calma, espreitavam as trevas... do mundo como o conheci. . .

Com o relógio a avançar e a vida de uma jovem desaparecida em risco e a tempestade mediática a aumentar, Jason Jones parece mais interessado em destruir provas e isolar a filha do que em procurar a sua "amada›› esposa. Estará o marido perfeito a tentar esconder a culpa - ou apenas a tentar esconder? E será a única testemunha do crime a próxima vítima do assassino?

Opinião de Cláudia Lé

Deliciosamente arrepiante, delirante, envolvente e muitas mais palavras mais terminadas em ante e ente. Lisa Gardner é uma das minhas escritoras favoritas desde o 1º livro que li dela - Minha Até à Morte. Esta autora consegue fazer-nos andar em redor da trama, género cão perseguindo a sua própria cauda. Tem um discurso exato, uma escrita fluida que nos leva a devorar por completo os seus livros. Espero sinceramente que as Publicações Europa América publiquem tudo o que houver desta autora pois é realmente uma excelente contadora de estórias... arrepiantes claro está.

Relativamente ao livro em questão, no decorrer da trama, poucas ou nenhumas personagens são o que parecem ser, aumentando a nossa dose de «angústia» ao tentarmos saber o que se passou com Sandra. Fugiu de livre e espontânea vontade? Porquê? Existe outra pessoa que a tenha feito desistir do marido «perfeito», da filha e sua vivência pacífica e, à primeira vista, exemplar? Terá sido raptada e se foi, por que motivo a filha não foi levada? Por que motivo não há um pedido de resgate? O marido, por que motivo pouco ou nada ajuda na investigação, quais os seus segredos? Sim porque a determinadas alturas dá vontade de «estrafugarmos» o marido por toda aquela atitude passivo-agressiva.

Ao longo do livro ficamos a conhecer o passado de Sandra, uma infância pautada pelos maus tratos por parte da mãe... as cenas descritas são no mínimo arrepiantes e tenebrosas. Os maus tratos serão sempre um tema que me arrepia, mas quando praticados por uma mãe... Já a adolescência de Sandra veio a revelar-se problemática, especialmente após a morte da mãe. Morte ou aparente suicídio ou talvez assassinato, resta saber, cometido por quem... A vida amorosa desgarrada de Sandra, acaba por conduzir a Jason. De Jason, pouco ou nada sabemos o que nos leva a interrogar, será que Sandra está a dormir com o inimigo?

No decorrer do livro somos confrontados com um adolescente apaixonado pela sua professora (Sandra), por o tio desse adolescente, aparentemente, também apaixonado por Sandra, pelo pai de Sandra que revela a Jason uma Sandra manipuladora, até à data desconhecida. Um tema presente ao longo do livro, de forma sugestiva, é a pedofilia...

Mais uma vez a autora não dececionou, um livro EXCELENTE, cheio de estrelinhas, para ser devorado numa noite de trovoada, numa casa cheia de barulhos estranhos para nos fazerem saltar no volver de suas páginas.

1 comentário:

  1. Uma escritora que gosto muito, obstante conhecer muitos poucos livros dela!

    A tua opinião deixou-me ainda mais entusiasmada! Definitivamente vou deixar de ler as tuas opiniões.... Não tenho tempo nem dinheiro para estes livros todos maravilhosos :-)

    ResponderEliminar