Crónicas de uma Leitora: [Opinião] "A Million Suns" de Beth Revis

domingo, 24 de março de 2013

[Opinião] "A Million Suns" de Beth Revis

A Million Suns (Across the Universe, #2)

Sinopse:

Godspeed was once fueled by lies. Now it is ruled by chaos. 

It’s been three months since Amy was unplugged. The life she always knew is over. Everywhere she looks, she sees the walls of the spaceshipGodspeed.

But there may be hope: Elder has assumed leadership of the ship. He's finally free to act on his vision—no more Phydus, no more lies.

But when Elder learns shocking news about the ship, he and Amy race to discover the truth behind life on Godspeed. They must work together to unlock a mystery that was set in motion hundreds of years earlier. Their success—or failure—will determine the fate of the 2,298 passengers aboard Godspeed. But with each step, the journey becomes more perilous, the ship more chaotic, and the love between them more impossible to fight.

Beth Revis catapulted readers into the far reaches of space with her New York Times bestselling debut, Across the Universe. In A Million Suns, Beth deepens the mystery with action, suspense, romance, and deep philosophical questions. And this time it all builds to one mind-bending conclusion: They have to get off this ship.


Opinião:

Segundo livro da trilogia e finalmente a autora conseguiu prender-me à leitura. Achei o livro num nível superior ao primeiro, em termos de world-building mas a relação entre a Amy e o Elder deu um grande passo atrás, pois não houve muito romance no livro, este acabou por ficar em segundo plano. 

Confesso que as teorias e as pistas quanto ao grande segredo da Godspeed foram muito boas e gostei bastante deste enredo, vendo-me envolvida no mistério. Ando muito selectiva com as leituras e a verdade é que as distopias que tenho lido não chegam aos calcanhares do Delirium ou do Divergente e talvez por isso esteja sempre a comparar os livros, mas é algo que não consigo deixar de fazer. 

"A Million Suns" ainda não chegou a este patamar mas mesmo assim Beth Revis conseguiu manter um enredo bastante interessante, onde praticamente todo espaço se centra no mesmo lugar e o ritmo de acção começa lento mas vai ganhando fulgor até às páginas finais que se viram numa velocidade estonteante. Foi a minha parte preferida do livro e aguardo o terceiro volume com alguma ansiedade pois é aqui que iremos descobrir o novo planeta que há tanto nos é prometido, como teremos a presença dos "frozen" incluindo os pais da Amy que a partir de agora terão um papel mais activo na história. 

Quanto ao romance entre a Amy e o Elder, espero que evolua para algo mais comprometedor, porque com beijinhos não vamos lá, isto é um livro YA mas também não é preciso sermos tão soft! 

Sendo um volume de ligação entre o iniciar e o terminar da trilogia, foi uma leitura que me agradou e acho que seria uma excelente aposta no mercado português! 

Próximo volume
Shades of Earth (Across the Universe, #3)

Sem comentários:

Enviar um comentário