Crónicas de uma Leitora: [Opinião] "Delirium" de Lauren Oliver

domingo, 17 de março de 2013

[Opinião] "Delirium" de Lauren Oliver

Delirium (Delirium, #1)
Sinopse:

They say that the cure for Love will make me happy and safe forever. 
And I've always believed them.
Until now.
Now everything has changed.
Now, I'd rather be infected with love for the tiniest sliver of a second than live a hundred years smothered by a lie.
Lena looks forward to receiving the government-mandated cure that prevents the delirium of love and leads to a safe, predictable, and happy life, until ninety-five days before her eighteenth birthday and her treatment, when she falls in love.

Opinião:


Adorei!!!

Nesta distopia, vamos conhecer o amor como a pior das doenças. Nesta sociedade, antigamente esta doença era incapaz de ser controlada mas agora não, descobriu-se uma cura e consequentemente todos as pessoas mal completem 18 anos são obrigados a passar por esse processo de modo a ficarem curadas. 

A protagonista, Magdalena ou só Lena, é uma dessas jovens que anseiam pelo dia da cura. Ela acredita que é necessário pois só assim ficam imunes à doença do amor. Esta ansiedade para ser curada também está relacionada com a sua mãe, vítima desta doença que acaba por morrer. 

Depois de serem curados, são avaliados e é lhes atribuído uma faculdade e um par do sexo oposto para viverem juntos, sem amor, euforia, ou outro sentimento mais poderoso. Lena nunca chega a passar pela fase de cura.

As primeiras páginas são introdutórias e demoram um bocadinho a ler e a perceber esta sociedade americana onde há 'Reguladores' que se certificam que não há contacto entre rapazes e raparigas e um 'toque de recolher', onde a partir dessa hora, ninguém pode sair. Lena sempre questionou esta opressão por parte do governo mas acredita que é o melhor para todos levarem um vida perfeita. 

A vida de Lena muda quando esta se cruza com Alex e a partir daqui ela não consegue mais ignorar os sentimentos que nutre por ele e é aqui que começa a 'guerra' contra o sistema e que irá desenvolver-se melhor nos livros seguintes da trilogia. 

Outra personagem secundária mas muito interessante é a melhor amiga de Lena, Hana, que ao contrário da protagonista, vivem em busca de novas sensações, desafiando a liberdade. 

Em termos de romance, adorei a história da Lena e do Alex e mal posso esperar para ler os restantes volumes

Próximos volumes (opiniões brevemente)

Pandemonium (Delirium, #2).Requiem (Delirium, #3)



1 comentário:

  1. Olá!

    "Lena looks forward to receiving the government-mandated cure that prevents the delirium of love and leads to a safe, predictable, and happy life, until ninety-five days before her eighteenth birthday and her treatment, when she falls in love."

    Fiquei conquistada. Tenho de ler estes livros!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar