Crónicas de uma Leitora: [Opinião] Filha da Magia de Barbara Bretton

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

[Opinião] Filha da Magia de Barbara Bretton

 Autor: Barbara Bretton
Edição/reimpressão2012
Páginas: 344

Sinopse:

Em Sugar Maple, Vermont, Chloe Hobbs não podia estar mais feliz com a sua gravidez. No entanto, com a chegada da nova moradora da vila, as coisas vão tornar-se ainda mais mágicas! Laria é um bebé perfeito e Chloe e Luke são uns pais babados mas, ao descobrirem que Laria sai à mãe nas artes mágicas, torna-se claro que a bebé pode ter mais poder do que aquele com que uma profissional como Chloe consegue lidar. Em Filha da Magia, Barbara Bretton continua a saga iniciada em Feitiços de Amor, A Magia do Amor e Sonhos Encantados.
 
Opinião:
Sugar Maple, em Vermont, é uma pequena cidade em Nova Inglaterra, que guarda os segredos mais mágicos e loucos. Este é o quarto livro da série Sugar Maple, que é uma serie de mistério e meio romance com um toque paranormal. Chloe adora tricô, e desde o inicio que se tem mostrado uma personagem única e encantadora, e muito pelicular. Luke que inicialmente só está de passagem para investigar um crime, acaba por ficar com Chloe na pequena cidade.

Para Chloe a vida não poderia andar melhor, para além de estar completamente perdida de amores por Luke, a sua loja de tricô estar cada vez mais famosa e ainda a sua cidade estar a melhorar do desastre dos meses passados. E agora tem mais um bom motivo para estar feliz, pois espera um novo membro para a sua pequenina família. Mas estar grávida e ser-se uma feiticeira não é nada fácil, principalmente quando os seus poderes começam a disparar em todos os sentidos, Luke já nem sabe o que fazer. E ainda para mais os seus pais descobriram que vão ser avós e querem visita-los, mas estes não sabem que segredos Sugar Maples esconde. Para juntar a festa há um troll que não lhes larga nem por ada, até porque a sua “missão” é proteger Chloe até a criança nascer, e para mais, há uma força escura que ameaça Luke e Chloe e o bebé.

Apesar de haver esta força escura, o livro não é tão escuro e não há sempre aquele perigo como havia no segundo e no terceiro livro, o que o tornou muito melhor.
Pessoalmente eu adorei o primeiro livro “Feitiços de Amor”, os restantes nem por isso, e pensava que este ia pelo mesmo caminho. Mas surpreendi-me. Este é de facto um livro tão bom como o primeiro o que foi de facto refrescante, e já tinha saudades de ler um livro da Barbara Bretton que gostasse mesmo.

Outros livros da Autora:
 Feitiços de Amor
A Magia do Amor
Sonhos Encantados


Sem comentários:

Enviar um comentário