Crónicas de uma Leitora: "Falta de Provas", de Harlan Coben - Opinião

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

"Falta de Provas", de Harlan Coben - Opinião


Autor: Harlan Coben
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 304
Editor: Editorial Presença



Sinopse
Haley McWaid não é o tipo de adolescente que se meta em sarilhos. Por isso, quando uma noite não regressa a casa e três meses se passam sem que haja notícias suas, toda a gente na comunidade teme o pior. Wendy Tines é uma jornalista que desmascara predadores sexuais no seu programa de televisão. O seu alvo mais recente é Dan Mercer - que, ao que tudo indica, está envolvido no desaparecimento de Haley McWaid. Mas o instinto de Wendy diz-lhe que algo não bate certo. E se tiver denunciado o homem errado?

Opinião
Divertido. Fluído. Dinâmico.
Esta foi a primeira vez que li algo do autor. Trata-se de um policial puro, narrado num ritmo mais lento até a um pouco mais do que metade  da acção e mais acelerado daí em diante. O próprio escritor separa ambas as partes. A primeira é boa, mas a segunda é verdadeiramente empolgante, como se o leitor estivesse a ser preparado para um desfecho excelente.
O equilíbrio durante o enredo agradou-me imenso, assim como todos os personagens, bastante reais e sem que nada os pudesse evidenciar em demasia, quer pela negativa, quer pela positiva.
Para além disso, existem algumas particularidades que adorei, principalmente o humor de certos personagens secundários, roçando por vezes o absurdo, ou a forma como a história se vai encaixando, quando parecia haver sempre algo de estranho que não era explicado. 
No final fiquei extremamente satisfeito por ter tido a oportunidade de o ler.






















Sem comentários:

Enviar um comentário