Crónicas de uma Leitora: Um Dia Difícil [Notícia - Vogais]

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Um Dia Difícil [Notícia - Vogais]


No dia 1 de novembro chegou às livrarias nacionais, editado pela Vogais, o livro mais falado e que maior controvérsia gerou nos EUA em 2012. Um Dia Difícil (No Easy Day) saltou para o top em todos os países em que já foi editado, ou não fosse o seu conteúdo tão sensível: a morte de Osama bin Laden. Na primeira semana de vendas nos EUA, No Easy Day vendeu 253 mil exemplares, destronando de imediato “As Cinquenta Sombras de Grey” - na primeira semana de vendas vendeu  “apenas”  86 mil exemplares. O livro que abalou o Pentágono mantém-se no Top 5 do New York Times.

Depois da publicação do polémico livro, a premiada realizadora Katheryn Bigelow levou a história da maior caça ao homem de todos os tempos ao grande ecrã. 00:30 A Hora Negra estreia em Portugal no dia 17 de janeiro.

Da realidade dos factos, narrados na primeira pessoa em Um Dia Difícil, à ficção de 00:30 A Hora Negra (Zero Dark Thirty),  livro e filme vão ficar, certamente, para a história da literatura e do cinema.

E porquê? Em Um Dia Difícil, de forma absolutamente inédita e contrariando o código de conduta do Pentágono, foram revelados os detalhes de uma missão ultra secreta, na primeira pessoa. Mark Owen descreve no livro os detalhes estratégicos e os planos de contingência que a equipa foi obrigada a seguir  desde a queda do helicóptero que poderia ter determinado um desfecho trágico da missão, até à comunicação via satélite com o Presidente Obama confirmando a morte de bin Laden (Prólogo disponível, aqui)  

 00.30 A Hora Negra fica para a história do cinema pelas nomeações aos Óscares - 5 no total, incluíndo Melhor Filme e Melhor Actriz. Mas antes da entrega das tão desejadas estatuetas douradas, Zero Dark Thirty esteve em destaque nos Globos de Ouro, ontem, com Jessica  Chastain a levar para casa o prémio de Melhor Atriz de Drama.

Quanto a Um Dia Difícil, este continua disponível nas livrarias nacionais, e revela-se um complemento imprescendível para quem for ao cinema ver o filme e ainda não teve oportunidade de o ler.

Um Dia Difícil tem o prefácio à edição portuguesa de Jorge Lourenço, Capitão de Mar e Guerra (res.), Comandante do DAE (1988-1996), Chefe do Estado-Maior do Quartel-General de Operações Especiais (2008-20119.

Sem comentários:

Enviar um comentário