Crónicas de uma Leitora: Opinião: "Not that kind of girl" de Siobhan Vivian

domingo, 30 de dezembro de 2012

Opinião: "Not that kind of girl" de Siobhan Vivian

Not That Kind of Girl


Sinopse:
Natalie Sterling wants to be in control. She wants her friends to be loyal. She wants her classmates to elect her student council president. She wants to find the right guy, not the usual jerk her school has to offer. She wants a good reputation, because she believes that will lead to good things.
But life is messy, and it's very hard to be in control of it. Not when there are freshman girls running around in a pack, trying to get senior guys to sleep with them. Not when your friends have secrets they're no longer comfortable sharing. Not when the boy you once dismissed ends up being the boy you wants to sleep with yourself - but only in secret, with nobody ever finding out. 
Slut or saint? Winner or loser? Natalie is getting tired of these forced choices - and is now going to find a way to live life in the sometimes messy, sometimes wonderful in-between.


Opinião:
A vida nem sempre é feita das melhores escolhas e decisões

Natalie Sterling, aos 17 anos orgulha-se de ser perfeita. É boa aluna, presidente da associação de estudantes, um exemplo de como uma adolescente se deve comportar se quer entrar numa boa faculdade e ter um futuro garantido. Não liga a rapazes e está sempre pronta a promover acções que incentivem as raparigas a afastarem-se de namoros e complicações.

Este mundo perfeito é abalado com a chegada de Spencer, uma ex-vizinha de Natalie, de apenas 14 anos, mas que em matéria de namoros, é mais experiente que a miss Natalie Sterling. E é aqui que Natalie vê todo o seu trabalho e esforço em vão, pois irá começar a ter dúvidas e medos sobre os assuntos mais básicos como o primeiro beijo, os namoros, perder a virgindade e a reputação com que ficará se algum dia fizer isso.

Mesmo lutando contra isso, tentando passar uma imagem exemplar, a verdade é que Natalie não consegue resistir aos seus sentimentos. Claro que aqui entra Connor, um bad-boy à primeira vista, mas que tem mais fama que proveito. Sendo Connor tudo o que Natalie tenta fugir, todas as dúvidas e inseguranças vêm ao de cima. O único problema é manchar a sua reputação que ao longo de todos estes anos conseguiu, que lhe valeu muitos elogios mas também uma vida solitária, com poucos amigos e nenhuma diversão.

À primeira vista, “Not that kind of girl” pode parecer um livro leve demais e fútil, mas eu não achei nada disso. Acho que a autora conseguiu passar uma grande lição. Claro que ao ler o livro, temos de nos contextualizar com o ambiente dos liceu americanos, que consegue ser uma verdadeira tortura se não conseguirmos inserir em algum grupo. Não me posso dizer que me identifiquei a 100% com a Natalie, pois felizmente em Portugal, os liceus não são tão maus como nos EUA, mas compreendi todas as incertezas que eram apresentadas no livro, pois basta uma má decisão para sermos julgadas até ao final dos nossos dias.

Infelizmente, pois é verdade, outro dos assuntos que a autora aborda é o sexismo que existe na nossa sociedade contemporânea, no qual os jovens lidam todos os dias. Os rapazes podem fazer tudo que serão sempre os maiores, enquanto se uma rapariga comete algum erro, já é apelidada de muitos nomes feios. Este era o maior medo de Natalie, e acredito que seja o medo de muitas raparigas de hoje em dia, de se entregarem, achando que é a decisão correcta, e no fim sofrerem, com isso.

Não é um livro com grandes surpresas mas que acabou por me espantar pela mensagem que tenta transmitir, que nem sempre a vida é feita das melhores decisões, mas que, se para sermos felizes temos de sacrificar a imagem que temos, então só nos resta tentar viver de consciência limpa com essas escolhas. 

2 comentários:

  1. Parece-me muito bem. Por acaso gosto deste tipo de ebooks e são também os que se lêem melhor!

    ResponderEliminar
  2. Li-o num dia, e também são aqueles livros que mais gosto de ler. São livros não muito complicados mas até ensinam alguma coisa. =)

    ResponderEliminar