Crónicas de uma Leitora: Escândalos em Família de Susan Lewis

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Escândalos em Família de Susan Lewis


Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 472
Editor: Porto Editora
Idioma: Português


Sinopse
E se a única pessoa que pudesse salvar o seu filho fosse a que mais odeia?
Quando Alicia Carlyle regressa à casa da sua infância, depois da morte trágica do seu marido, espera poder finalmente esquecer o passado. Mas para isso terá de enfrentar a mulher que quase lhe destruiu o casamento e lhe dividiu a família - a sua cunhada, Sabrina. As duas não se suportam, mas Alicia está decidida a começar uma nova vida com os seus filhos, Nathan e Darcie, e a resgatar a relação que tinha com o seu querido irmão.
Mas quando o futuro começa a parecer mais risonho, a filha de 15 anos de Sabrina, Annabelle, acusa Nathan, de 17 anos, de um crime que ele insiste não ter cometido. E uma vez mais as duas famílias veem-se presas numa batalha de desconfiança, traição e mentiras - uma batalha que ameaça destruí-los a todos...



Opinião: Contém spoilers!!!!!!


Apesar de ter os outros dois livros da autora nas estantes, este foi o 1º que li. A frase da capa: «Por vezes a verdade custa mais que a mentira» perseguiu-me o livro inteiro. O romance centra-se no regresso de Alicia Carlyle à sua cidade natal, após o falecimento de seu marido Craig, um bem sucedido advogado que, após uma crise de consciência, deixa a família sem posses para manter a vida que se habituara. Desta forma, Alicia decide vender a sua casa em Londres e respetivo recheio, de forma a conseguir iniciar uma vida em conjunto com os seus dois filhos, Nat de 17 anos e Darcie de 12 anos, na sua aldeia natal. A ideia era, uma vez que Alicia é uma artista, reconverter a loja da mãe no seu atelier e loja de venda. No entanto, em Holly Wood (sim é o nome da cidade) reside também Sabrina, a esposa do irmão de Alicia que teve um caso escaldante com o marido de Alicia…


A trama adensa-se com o fato de Sabrina não querer que Alicia resida em Holly Wood, tentando fazer de tudo para impedir a abertura da sua loja. À parte de todos os problemas, surge ainda um crítico de arte que acaba por ter um relacionamento amigável com Alicia e que, no decorrer do livro suspiramos por algo mais!


Em segundo plano e passando a partir de um terço do livro para primeiro plano, estão Nat e Annabelle, filha de Sabrina, uma adolescente cheia de hormonas e pronta para seduzir, a bem ou a mal, o seu primo com quem manteve um relacionamento pouco ou nada inocente aquando os seus 12 anos e 14 anos de Nat, antes da zanga entre as respetivas mães! Annabelle é o tipo de filha com a qual temos pesadelos, a amiga de nossas filhas que detestamos, a namorada de nosso filho que ansiamos fazer desaparecer de sua vida. Tudo nela, à primeira vista, é mau, pecaminoso, deplorável! No entanto o lado mau tem as suas tentações e, após uma sedução maquiavélica na qual senti vontade de esganar esta diabinha, Nat acabou ou não, por violar a prima?!?!?! E a partir daqui é que a dita frase «Por vezes a verdade custa mais que a mentira» me perseguiu até mesmo ao último parágrafo.


À parte temos ainda a uma personagem muito secundária mas que poderia ter sido bem mais aproveitada, de uma inspetora que quer que Nat seja condenado devido a uma «pega» que teve com o pai do rapaz, aquando este, conseguiu a libertação de um incendiário que após um mês voltou a incendiar uma casa e acabou por matar dois filhos de uma mãe… já agora, foi este erro de consciência que levou Craig a dar toda a sua fortuna a esta mãe de forma a compensar a perda de seus filhos.


Conclusão… esperava mais, muito mais, durante a leitura do livro é certo que Nat não violou Annabelle, mas se assim o era, o que quereria dizer a dita frase????? Esperava um desfecho brutal, esperava um desfecho género «murro no estômago», esperava que os bons se tornassem malignos e a diabinha afinal tivesse razão. Esperava muito muito mais e esta história tinha tudo para ter um desfecho de nos arrepiar. O desfecho foi demasiado apressado e sensaboroso, no entanto é um livro a ler e uma escritora que pretendo seguir. Uma coisa engraçada que aconteceu na leitura do livro, foi identificar caras às personagens. De Alicia e Sabrina!



 Alicia - Jennifer Morrison
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Sabrina - Lana Parrilla

Sem comentários:

Enviar um comentário