Crónicas de uma Leitora: Amo ler porque... #3

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Amo ler porque... #3

Estou a adorar esta rubrica, as respostas que tenho são sempre surpreendentes e completamente diferentes umas das outras mas nota-se em todas elas a paixão pelos livros. As convidadas que já escreveram esta crónica fazem-nos de uma forma fervorosa e ficamos muito felizes de poder publicar as suas opiniões. Esta semana a convidada foi a Inês Santos do blogue Ler por gosto não cansa, obrigada Inês...

Amo Ler Porque...
É preciso ter razões para?
Felizmente pertenço à maioria daqueles que basta que lhe ponham um livro novinho em folha ou até um de capa rija, a cheirar a mofo, para se fazer uma luzinha e a curiosidade atacar. Será que é bom? Será que há romance ou algum crime suculento lá dentro? E a partir daí toca a agarrar como se de um chocolate se tratasse e a ler a sinopse sofregamente, folhear as páginas e até ir ao final, à última página, ver se ficam juntos ou não.
Amo ler porque significa fuga, significa novos mundos, novos conhecimentos. Significa sentir emoções fortes, apaixonar-me por um guerreiro Highlander ou ser cortejada por Mr. Darcy. Significa lutar contra vampiros e matar uns quantos mortos-vivos. Significa termos poderes ou até uns olhos de outra cor. Quem não gosta de se sentir diferente ou de ser transportado para países que nunca poderá visitar porque a crise não deixa? Eu gosto... correcção... AMO.
Mas voltando ao inicio.
Poderia dizer que tudo começou com os livros de Maria Teresa Gonzalez oferecidos no Natal por uma tia ou por Os Maias estudados em Português no 11º ano. Mas não, tudo começou curiosamente com o filme do Crepúsculo (blhac) e a ida à zona dos livros do Continente onde uma banca se encontrava cheia de livros grossos e pretos de uma saga chamada Twilight. Então foi assim que comprei o primeiro livro com o meu próprio dinheiro e foi com o Lua Nova que nunca mais consegui largar o vício da compra, mas principalmente da leitura - aquela que me faz rechear prateleiras e mesmo assim me fazer visitar blogs, livrarias, foruns para conhecer mais livros que me irão fazer suspirar, chorar ou até tremer de raiva.
Portanto, tenho que agradecer à Stephanie Meyer que me levou a ler Nora Roberts que me levou a conhecer a Porto Editora que me levou a jantar com a Dorothy Koomson, que me levou a investir e a dar um pouco de mim (cada vez mais) aos meus blogs, onde coloco tudo o que posso para dar conhecer livros, para brincar com capas, para catalogar bibliotecas e biografias. Mas principalmente por me dar motivação para continuar a fazer algo de que gosto - LER.

2 comentários: