Crónicas de uma Leitora: [opinião] À Procura do Amor de Jodi Picoult

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

[opinião] À Procura do Amor de Jodi Picoult

Autora: Jodi Picoult
Edição/reimpressão: 2012
Páginas: 376
Editor: Civilização

Sinopse:
Durante anos, Jane Jones viveu na sombra do marido, Oliver Jones, um conhecido oceanógrafo de San Diego. Mas na sequência de uma acesa discussão, Jane parte com a filha adolescente, Rebecca, numa odisseia pelo país, orientada pelas cartas do irmão Joley, que as guia até ao seu pomar de macieiras em Massachusetts, onde a esperam algumas revelações surpreendentes sobre si própria. Oliver, especializado em seguir baleias-de-bossa pelos vastos oceanos, irá agora seguir a mulher através de um continente e descobrir uma nova forma de ver o mundo, a família e a si próprio: através dos olhos de Jane.
Opinião 
Este foi o primeiro livro que li da Jodi Picoult. E de certa forma não o li com qualquer expectativa.
Devo dizer que o inicio era muito aborrecido e não me conquistou lá muito, mas continuei e apesar de tudo revelou-se ser um livro até interessante.
Cada capitulo é um ponto de vista de uma pessoa diferente e na personagem principal vai entre o passado e o presente, enquanto que os restantes contam a história cronologicamente. Aparentemente pode parecer confuso e confesso que no inicio foi-me complicado perceber estas mudanças, mas habituamos-nos a estas "viagens".

Tal como diz a sinopse Jane e Rebecca,partem numa odisseia pelo país depois de Jane ter uma grande discussão com o marido, o famoso oceanógrafo em San Diego.
Elas seguem então até ao pomar de macieiras em Massachusetts. enquanto que Oliver segue a mulher através do continente revelando a si mesma uma maneira diferente de ver o mundo e o amor, a sua família e especialmente a si mesmo.
Pessoalmente gostei do jogo, ler a história contada de diferentes pontos de vista e depois vê-las interlaçar-se e do ponto de vista de Rebecca o que aconteceu e como chega ao presente. No geral, tal como o titulo diz, todas elas andam à procura do amor á sua maneira.
Quantos ás personagens,achei toda bem pensadas, Rebecca revelou-se ser bastante adulta apesar dos seus 15 anos, já a mãe Jane que é praticamente indecisa e depressiva revelou-se ser o contrário da filha, que nos leva ás paixões da adolescencia.

Algo que acho que não calhou bem foi talvez a paixão que as personagens principais (Rebecca e Sam) tiveram, pois parecia que não tinha vindo de lado nenhum, simplesmente apareceu do nada.

Sendo o primeiro livro que leio da autora, acho que a escrita é simples e de fácil leitura,que nos envolve na descoberta do amor.

Sem comentários:

Enviar um comentário