Crónicas de uma Leitora: A Luz do Fogo de Sophie Jordan - Opinião

sábado, 13 de outubro de 2012

A Luz do Fogo de Sophie Jordan - Opinião



Autora: Sophie Jordan
Edição/reimpressão: 2011
Páginas: 296
Editor: Livros d'Hoje

Sinopse:
Marcada como especial numa idade precoce, Jacinda sabe que cada movimento seu é controlado, mas anseia pela liberdade de poder fazer as suas próprias escolhas. Quando quebra o princípio mais sagrado entre a sua espécie, quase chega a pagar por isso com a própria vida. Até ser salva por um belo desconhecido. Um desconhecido que foi enviado para caçar aqueles que são como ela. Jacinda é uma draki - descendente de dragões cuja maior defesa é a habilidade secreta de mudar para a forma humana.
Forçada a fugir para o mundo mortal com a sua família, Jacinda esforça-se por se adaptar ao seu novo ambiente. A sua única luz é Will. Um jovem lindo e evasivo que devolve a vida ao seu draki interior. Embora se sinta irresistivelmente atraída por ele, Jacinda sabe o segredo obscuro de Will: ele e a sua família são caçadores. Deve, por isso, evitá-lo a todo custo. 
Mas o seu draki interior está a morrer lentamente - se ele morrer, ela será humana para sempre. Fará tudo para impedir que isso aconteça. Mesmo que isso signifique ficar mais perto do seu mais perigoso inimigo. 
Poderes míticos e um romance de tirar o fôlego inflamam a história de uma rapariga que desafia todas as expectativas e cujo amor atravessa quaisquer obstáculos.
Opinião:
Mais um livro arrebatador! O tema não é inovador mas a maneira como é abordado é! E nunca mais veremos os dragões da mesma maneira. Somos transportados para uma realidade não muito diferente da nossa mas onde os descendentes de dragões vivem em pequenas comunidades encobertas por brumas e magia. As personagens principais, jovens adolescentes apaixonados são iguais a tantos outros vivendo um amor proibido. Ela, Jacinda, é uma draki e ele, Will, um caçador. Contudo há sempre elementos de surpresa que nos fazem adorar cada página. Cheia de emoção e aventura este romance feito no mesmo molde de tantas sagas já conhecidas do público consegue despertar a nossa curiosidade pela raça que nos apresenta, as suas caracteristicas e motivações. As personagens secundárias como a mãe e a irmã gémea de Jacinda são fundamentais e não meros adereços como vemos acontecer noutras obras. Os desenvolvimentos são rápidos mas não tanto que nos perturbe. A leitura é bastante acessível e o final tão fantástico que nos leva a querer saber mais.

1 comentário:

  1. Tenho este livrinho para ler. Fiquei contente com a tua opinião :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar