Crónicas de uma Leitora: "Pátria", de Robert Harris - Opinião

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

"Pátria", de Robert Harris - Opinião


Autor: Robert Harris
Edição/reimpressão: 1993
Páginas: 378
Editor: Bertrand Editora

Sinopse:
Obra impressionante cujo pano de fundo é uma probabilidade histórica: os nazis ganham a guerra. A acção situa-se na Alemanha dos anos sessenta, quando uma série de crimes levanta suspeitas a um oficial da polícia de investigação. Por entre os meandros de uma sociedade hermética, fechada em torno do seu líder carismático, Hitler, o protagonista vai seguindo as pistas que o levam ao tema tabú da Alemanha nazi vencedora: que foi feito dos judeus. Num vigoroso suspense, o polícia vai abrindo as brechas da moral nazi e das suas próprias convicções à medida que se aproxima das razões que estão por trás dos homicídios. Uma conspiração a que se deu o nome de solução.

Opinião:
Revolucionário. Original. Excitante.
'Pátria' foi o primeiro livro que li acerca da eterna e emblemática perspectiva 'e se Alemanha tivesse ganho a 2ª guerra mundial'. É muitas vezes duro, noutras sombrio. Mistura o conhecimento histórico do autor com a sua excelente capacidade de criar um enredo envolvente num ambiente de tempos e eras desconhecidos à maioria dos leitores.
Este livro possuí todos os ingredientes para que seja devorado em poucas horas que se tornam rápidas à medida que a narrativa avança.
A  visão que o autor, e historiador,  impõe sobre um mundo que nunca saberemos como seria é bastante detalhada e lógica, conseguindo ser muitas vezes quase real. Existem igualmente certos pontos (negativos) focados que nos mostram de um jeito matreiro naquilo que a sociedade hipoteticamente se transformaria.
Adorei este livro de um autor que aprecio imenso.

3 comentários:

  1. Adorava comprar este livro mas não encontro em lado nenhum :(

    ResponderEliminar
  2. Penso que ande esgotado a uma data de tempo.
    No entanto tem aqui em segunda mão
    http://www.bibliofeira.com/livro/970541403/patria/

    :)

    ResponderEliminar
  3. Ah, muito obrigado Raquel. Tenho aquela mania de comprar sempre novos mas neste caso vai ter que ser mesmo em 2a mão :) obrigado pela ajuda

    ResponderEliminar